Brasil indica "Pequeno segredo" para disputar vaga no Oscar

Longa de David Schurmann desbanca "Aquarius" e representará o Brasil na disputa por uma indicação a melhor filme em língua estrangeira. Drama conta a história de Kat, filha adotiva da família de velejadores Schurmann.

O filme Pequeno segredo, do cineasta catarinense David Schurmann, foi escolhido o representante brasileiro na disputa por uma vaga entre os indicados a melhor filme em língua estrangeira do Oscar 2017. O anúncio foi realizado nesta segunda-feira (12/09) pelo Ministério da Cultura.

Com roteiro de Marcos Bernstein, o longa de ficção é baseado na história real da família brasileira Schurmann, famosa por velejar ao redor do mundo.

O filme centra na pequena Kat, filha adotiva de Heloísa e Vilfredo Schurmann, que morreu em 2006 e inspirou a mãe a escrever o livro Pequeno segredo: A lição de vida de Kat para a família Schurmann, publicado em 2012. David Schurmann, diretor do longa, é um dos quatro filhos do casal.

Pequeno segredo, que estreia dia 10 de novembro nos cinemas brasileiros, é estrelado por Julia Lemmertz, Maria Flor, Marcello Antony e Mariana Goulart, além dos atores internacionais Fionnula Flanagan, conhecida pela série Lost, e Erroll Shand.

A trama concorria com outros 15 longas nacionais, incluindo Aquarius, dirigido por Kléber Mendonça Filho e estrelado por Sonia Braga - um dos preferidos à indicação, segundo apostas de críticos.

Durante o anúncio nesta segunda-feira, o produtor Beto Rodrigues, um dos nove membros da comissão que elegeu o filme brasileiro, disse que a decisão levou em conta dois critérios: a qualidade técnica da obra e as chances do candidato de satisfazer os jurados americanos do Oscar.

"Além dos critérios óbvios - técnicos e artísticos - existia também um pensamento de tentar escolher um filme que chegasse nos americanos e tivesse mais chance de agradar", afirmou Rodrigues, que falou como porta-voz na ausência do presidente da comissão, o cineasta Bruno Barreto.

No Facebook, David Schurmann comentou a indicação. "Pequeno segredo não é só um projeto pessoal ou da minha família. Ele é um sonho de uma equipe imensa, talentosa e extremamente profissional. E esse sonho vem conquistando milhares de pessoas. Essa é a maior realização de todos nós. A cada um que acredita no Pequeno segredo, meu muito obrigado", escreveu o diretor.

A seleção final dos cinco concorrentes na categoria de melhor filme em língua estrangeira ainda será definida pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Alguns países já enviaram suas indicações, como a Alemanha, com a comédia Toni Erdmann, de Maren Ade, e a Espanha, que elegeu o filme Julieta, de Pedro Almodóvar, como seu representante.

O anúncio dos finalistas em todas as categorias está marcado para 24 de janeiro do próximo ano, enquanto a cerimônia de premiação ocorre em 26 de fevereiro, em Los Angeles.

EK/efe/abr/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos