1982: Morre Grace de Mônaco

Em 14 de setembro de 1982, morreu em Monte Carlo a esposa do príncipe Rainier, em decorrência de acidente de carro sofrido na véspera. A americana ficara famosa no cinema com seu nome de solteira, Grace Kelly.

O mundo assistiu consternado à cerimônia fúnebre em homenagem à princesa de Mônaco, em 14 de setembro de 1982, solidarizando-se com o príncipe Rainier e seus filhos. Por ironia do destino, um automóvel causara a morte justamente dela, que dizia não gostar de dirigir nenhum tipo de carro.

O acidente aconteceu na véspera, na perigosa estrada ao longo da costa monegasca. A princesa Grace e sua filha Stephanie, então com 17 anos, iam da casa de praia ao palácio quando o carro se desgovernou numa curva, caindo num penhasco de 40 metros. Um jardineiro que trabalhava no local onde o carro caiu, conseguiu apagar o fogo no veículo e salvar a adolescente, porém a princesa só pôde ser resgatada mais tarde pelos bombeiros.

Inicialmente, as notícias tentavam disfarçar. "A soberana está inconsciente, mas se recuperando", informavam os assessores da família. A confirmação da morte espalhou-se como uma bomba no mundo, causando especulações: a menor Stephanie teria estado ao volante, tratar-se-ia de um atentado da máfia, a princesa teria dirigido embriagada?

A versão oficial da morte só foi divulgada muito tempo depois. A família Grimaldi insistiu que Grace sofrera um derrame cerebral enquanto dirigia, perdendo o controle do veículo.

Ideal feminino dos anos 50

A elegância e beleza de Grace Patricia Kelly fizeram dela um mito e um ideal feminino na década de 1950. A maioria de seus parceiros nas telas, como Cary Grant, James Stewart e Alec Guinness, também tentou conquistá-la na vida real, mas ela insistia em preservar sua vida privada. E, correspondendo ao ideal feminino da época, casou, teve filhos e se transformou numa bem comportada princesa.

Conta-se que em 1956 o príncipe Rainier precisava de uma atração para salvar seu pequeno país das dívidas. Negociações com Marylin Monroe e Rita Hayworth já haviam fracassado. Foi quando resolveu pedir a mão de Grace Kelly, então com 27 anos.

Para ela, tratava-se mais da realização do sonho infantil de virar princesa do que de verdadeiro interesse por dinheiro. Afinal, seu pai já era milionário e ela havia enriquecido com a carreira em Hollywood. O casamento acabou sendo bem capitalizado por Mônaco, que se tornou um centro do jet-set internacional.

(cm/rw)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos