Imigrantes e moradores entram em confronto em cidade alemã

  • Sebastian Kahnert/dpa via AP

    O marroquino Mehdi (dir.) mostra ferimento no braço que ele sofreu durante confrontos em Bautzen, Alemanha

    O marroquino Mehdi (dir.) mostra ferimento no braço que ele sofreu durante confrontos em Bautzen, Alemanha

Policiais foram mobilizados para conter conflito entre cerca de 20 estrangeiros e 80 alemães em Bautzen, no leste do país. Cidade tem sido palco frequente de incidentes xenófobos nos últimos meses.

A polícia informou nesta quinta-feira (15) que cerca de 100 policiais foram acionados para conter um confronto ocorrido na cidade de Bautzen, no leste da Alemanha, entre moradores - em grande parte, militantes de extrema-direita - e requerentes de asilo.

O porta-voz da polícia local, Thomas Knaup, afirmou que cerca de 80 alemães e 20 imigrantes se enfrentaram na noite de quarta-feira em uma praça da cidade. Ao tentar separar os grupos, policiais foram atacados com garrafas por alguns dos requerentes de asilo. Os policiais responderam utilizando spray de pimenta e cassetetes.

Extremistas de direita gritaram slogans nacionalistas e seguiram os requerentes de asilo quando estes voltavam para o abrigo em que residem, enquanto a polícia tentava manter os grupos separados.

Christian Essler/ dpa via AFP
Refugiados e requerentes de asilo se reúnem em praça em Bautzen, Alemanha, após ataque xenófobo, na noite de quarta-feira (14)

Mais tarde, alguns dos militantes de extrema-direita atiraram pedras contra uma ambulância, para evitar que esta se aproximasse do abrigo e socorresse os migrantes feridos.

Bautzen tem sido palco de incidentes xenófobos nos últimos meses. Em fevereiro, um incêndio danificou um antigo hotel de Bautzen que estava sendo preparado para receber refugiados, enquanto pessoas festejavam o fogo, reunidas em frente ao edifício em chamas. Algumas delas tentaram impedir o trabalho dos bombeiros. Em março, o presidente alemão, Joachim Gauck, foi ofendido durante uma visita à cidade para discutir a crise dos refugiados com os moradores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos