Partido de Merkel sofre novo revés histórico em eleição regional

CDU obtém apenas 18% dos votos na cidade-Estado de Berlim e deve deixar o governo local. AfD passa dos 11% e entra em mais um parlamento regional, totalizando dez. Sociais-democratas são os mais bem votados, com 23%.

O Partido Social-Democrata (SPD) venceu a eleição na cidade-Estado de Berlim com 23% dos votos, segundo resultados preliminares divulgados pelas emissoras de televisão da Alemanha no início da noite deste domingo (18/09).

Já a União Democrata Cristã (CDU), partido da chanceler federal Angela Merkel, obteve o seu pior resultado na capital, com apenas 18% dos votos. A CDU repete, assim, o mau desempenho da eleição em Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, quando também amargou o seu pior desempenho num estado alemão.

Tanto SPD como CDU registraram quedas de 5,2 pontos percentuais em relação à eleição berlinense anterior, de 2011, segundo os resultados preliminares.

Os prognósticos indicam ainda que o partido Alternativa para a Alemanha (AfD) alcançou entre 11,5% e 12,5% dos votos e entrará pela primeira vez no parlamento da cidade-Estado. A AfD já está, assim, em dez dos 16 parlamentos estaduais alemães.

O Partido Verde deve ficar com 16,5% dos votos, e A Esquerda deve conquistar de 15,5% a 16,5%. O Partido Pirata não conseguiu os 5% necessários e deixará o parlamento. Já os liberais do FDP devem retornar, com 6,5% dos votos.

Com esses resultados, o SPD será obrigado a formar uma nova coalizão, já que a união atual, com a CDU, não basta mais para obter a maioria no parlamento. O mais provável é uma aliança dos sociais-democratas com os verdes e A Esquerda.

AS/dpa/ard

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos