Bombardeio atinge comboio de ajuda humanitária na Síria

Após Exército sírio declarar fim de cessar-fogo, pelo menos 18 caminhões da ONU e do Crescente Vermelho são atacados no norte da província de Aleppo. Comboio levava mantimentos para 78 mil pessoas.

Pelo menos 18 caminhões de um comboio de ajuda humanitária, organizado pela ONU e pelo Crescente Vermelho, foram atingidos por um bombardeio nesta segunda-feira (19/09) perto da cidade de Urum al Kubra, no norte da província de Aleppo, na Síria.

Segundo o porta-voz da ONU, Stephane Dujarric, o comboio de 31 caminhões levava mantimentos para 78 mil pessoas que estão isoladas em Urum al Kubra. O incidente ocorreu durante um ataque aéreo na cidade.

"Nossa indignação com esse ataque é enorme. O comboio foi resultado de um longo processo de permissão e preparação para ajudar civis isolados", disse o enviado especial da ONU para a crise Síria, Staffan de Mistura.

A ONU não informou se houve vítimas no ataque. No entanto, o Observatório Sírio de Direitos Humanos afirmou que pelo menos 12 pessoas morreram no bombardeio. A maioria das vítimas seria motorista dos caminhões e uma dela era funcionário do Crescente Vermelho.

Ainda, de acordo com a ONG, aviões não identificados tinham como alvo os caminhões do comboio após estes entregarem mantimentos em regiões controlados pelo regime sírio. O envio destas cargas estaria sendo realizado mensalmente.

O ataque ocorreu após o Exército sírio declarar nesta segunda-feira o fim do cessar-fogo acertado pela Rússia e pelos EUA e que estava em vigência desde a semana passada. Regime e rebeldes acusaram-se mutuamente de violar a trégua.

CN/rtr/efe/lusa/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos