Premiê britânica anunciará início do Brexit até fim de março

Theresa May diz que processo de saída do Reino Unido da União Europeia começará formalmente no final de março de 2017. Projeto terá efeito após país completar negociações de dois anos previstos pelo Tratado de Lisboa.A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou neste domingo (02/10) que vai acionar até o final de março o Artigo 50 do Tratado de Lisboa, que estabelece as regras para dar início ao processo de negociação de dois anos para uma nação sair da União Europeia (UE). "Como você sabe, eu tenho dito que nós não iríamos ativá-lo antes do final deste ano para que possamos nos preparar", afirmou em entrevista para a rede britânica BBC. "Mas, sim, eu vou estar dizendo no meu discurso de hoje que nós vamos acionar o Artigo 50 antes do final de março do próximo ano." A primeira-ministra britânica vai dar mais detalhes sobre seus planos para a saída do Reino Unido da UE no seu discurso no congresso anual do Partido Conservador britânico, em Birmingham, neste domingo. Mais cedo, em uma matéria de primeira página do jornal The Sunday Times, May anunciou seus planos para tornar o Reino Unido novamente "um país soberano e independente", revogando o ato que levou a nação para a UE. "Nós vamos introduzir, no próximo discurso da rainha [o qual Elizabeth 2ª lê na Câmara dos Lordes o programa legislativo do governo], o artigo que vai remover a Lei de Comunidades Europeias do livro de estatutos", afirmou May. Se o novo projeto for aprovado pelo Parlamento britânico, como se espera, as leis britânicas passarão a ter supremacia. De acordo com a política conservadora, este plano dará a "máxima segurança, estabilidade e certeza aos trabalhadores, consumidores e empresários, assim como a nossos aliados internacionais". No entanto, o projeto, chamado A Grande Lei de Revogação, não terá efeito até que o Reino Unido saia da UE, quer dizer, após completar as negociações de dois anos sobre a saída de um país do bloco em virtude do Artigo 50 do Tratado de Lisboa. May, que chegou ao poder em julho após a vitória do Brexit no plebiscito de 23 de junho, só espera iniciar o processo formal de negociações em 2017. FC/efe/lusa/dpa/afp/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos