Trump deixou de pagar legamente impostos por 18 anos, diz "NYT"

Republicano teve perdas de US$ 916 milhões em 1995 e se beneficiou de legislação para cancelar a mesma quantia de rendimentos tributáveis, afirma "New York Times". Candidato declara que paga tributos exigidos por lei.O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, declarou no imposto de renda de 1995 perdas no valor de 916 milhões de dólares e teria evitado, legalmente, o pagamento de tributos por até 18 anos, afirma uma reportagem do jornal New York Times deste sábado (01/10). De acordo com a publicação, o magnata teria, possivelmente, se beneficiado da legislação fiscal em um complexo sistema envolvendo empresas e impostos pessoais. O NYT afirma que teve acesso, por uma fonte anônima, à declaração fiscal de Trump de 1995, ano em que o prejuízo foi informado. "Especialistas em impostos contratados pelo NYT para analisar os registros de Trump de 1995 afirmaram que regras especialmente vantajosas para ricos podem ter permitido o uso das perdas de 916 milhões de dólares para cancelar a quantia equivalente de rendimentos tributáveis pelo período de 18 anos", escreveu a publicação. O jornal diz, ainda, que os elevados prejuízos informados por Trump são devidos a negócios mal sucedidos nos cassinos de Atlantic City, cidade localizada na costa leste do país, e a outros problemas financeiros no setor de hotelaria e transportes aéreos. Questionada, a campanha de Trump divulgou um comunicado ainda no sábado criticando a divulgação dos documentos e acusando o NYT, que já declarou apoio à rival, de ser "uma extensão da campanha de Hillary, do Partido Democrático e dos seus interesses globais". A equipe de campanha afirmou, ainda, que Trump é "um homem de negócios altamente qualificado que tem responsabilidade fiducitária com seus negócios" e que "paga os impostos exigidos por lei". O advogado de Trump afirmou que a publicação da declaração de imposto é ilegal e ameaçou iniciar "uma ação legal apropriada" contra a publicação. Pressão para divulgar registros Neste domingo, o gerente da campanha de Hillary, Robby Mook, pressionou Trump para publicar suas declarações de imposto. "Ele deixou de pagar tributos por quase duas décadas enquanto dezenas de milhões de famílias trabalhadoras pagaram os seus", afirmou Mook em um comunicado. "E ele disse que isso é ser 'inteligente'". Mook questionou ainda: "Por que ele não publica sua declaração de imposto e mostra a todos o quão 'inteligente' ele realmente é?" Trump é o único candidato presidencial de um dos grandes partidos que não publicou suas declarações de impostos. Até agora, todos haviam divulgado os registros desde as eleições presidenciais de 1976. Hillary divulgou publicamente suas declarações dos últimos 40 anos, assim como o candidato à vice-presidência na chapa de Donald Trump, o governador de Indiana Mike Pence, que mostrou os registros dos últimos dez anos. O candidato republicano havia prometido publicar seus registros financeiros, mas voltou atrás afirmando que não poderia divulgá-los porque eles estavam sendo auditados. E, dessa forma, ele teria sido aconselhado por advogados a mantê-las privadas até o fim da análise. FC/efe/rtr/lusa/dpa/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos