1964: Fuga de Berlim Oriental por um túnel

Christoph Bickel

No dia 5 de outubro de 1964 aconteceu uma das fugas mais espetaculares na história da antiga Alemanha Oriental. Quase 60 pessoas escaparam do sistema totalitário através de um túnel.Logo depois que o Muro de Berlim foi sido construído, ainda houve várias oportunidades de fugir. Muitas pessoas conseguiram escapar através de túneis do metrô ou do trem, da canalização ou dos grandes abrigos construídos por baixo das avenidas na Segunda Guerra Mundial e que ligavam Berlim Oriental a Berlim Ocidental. Pouco a pouco, essas possibilidades foram descobertas e estas "brechas" subterrâneas começaram a ficar mais escassas. Assim, algumas pessoas começaram a escavar túneis próprios. Na história da antiga Berlim dividida, houve cerca de 20 tentativas de fugir por túneis. Uma das fugas mais espetaculares aconteceu no dia 5 de outubro de 1964. Os preparativos Tudo começou em meados de abril. Trinta jovens berlinenses do leste, entre eles muitos estudantes, juntaram-se para preparar a fuga. Hasso Herschel, um dos envolvidos, contou que todos trabalhavam até o esgotamento total, "mas como todos éramos jovens, isto não era um problema – meia hora de descanso e já estávamos de novo em forma para fazer qualquer coisa. Mas a nossa aparência era muito estranha: pálidos, suando e até feridos, por causa das pedras, dos cacos e das ferramentas". Como ponto de início, o grupo escolheu um porão de uma velha padaria desativada. Lá, eles escavaram um buraco de 11 metros de profundidade, para depois começar com a construção do túnel que passava 140 metros debaixo de uma casa e de duas ruas, terminando em um banheiro velho no pátio de uma casa encostada no Muro. A fuga "A primeira família que chegou para fugir estava lá pontualmente às 19h30. Assim começou a fuga", narrou Herschel. O grupo de fugitivos era formado por 23 homens, 31 mulheres e três crianças. Só depois de todos já estarem a salvo, um guarda de Berlim Oriental descobriu o túnel e deu alarme. Mas já era tarde. Os tiros ainda disparados para dentro do túnel já não atingiram mais ninguém. O plano de fuga foi muito bem preparado. Membros da União Democrata Cristã (CDU) de Berlim Ocidental haviam doado 30 mil marcos para comprar ferramentas, equipamentos para comunicação e outros itens necessários. Na fase final, a própria polícia de Berlim Ocidental ajudou, colocando à disposição postos de vigilância.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos