Três pontos em que Trump e Hillary concordam

Michael Knigge (md)

Embora os candidatos republicano e democrata discordem ferrenhamente na maioria dos assuntos, há pelo menos três temas em que ambos são da mesma opinião.Oposição a acordos de livre comércio Este é, sem dúvida, um dos desenvolvimentos mais impressionantes da corrida presidencial de 2016. Ambos os candidatos presidenciais fazem oposição ao livre-comércio. Trump e Hillary prometeram que, como presidentes, vão bloquear a já negociada Parceria Transpacífico (TPP), um grande acordo de comércio entre os EUA e 11 outros países. Isso é notável por várias razões: Uma, porque marca uma importante inversão da política, já que ambas as partes tradicionalmente apoiavam o livre-comércio. O Partido Republicano se via por um longo tempo como o campeão do livre0comércio. Democratas em geral não vinham sendo tão entusiasmados com acordos comerciais quanto os republicanos, mas, mesmo assim, negociaram pactos como o controverso Tratado Norte-Americano de Livre-Comércio (Nafta) durante o governo Bill Clinton. Duas, porque a candidata presidencial democrata, Hillary Clinton, em seu papel de secretária de Estado, ajudou a negociar a mesma TPP a que agora se opõe, depois de mudar sua posição sob pressão de seu adversário democrata, Bernie Sanders, durante as primárias do partido. Três, porque o candidato republicano, Donald Trump, que atacou repetidamente as empresas americanas por causa da transferência da produção para países como México, fez a mesma coisa em seus próprios negócios. Investimento em infraestrutura Tanto Hillary como Trump prometeram reconstruir a envelhecida infraestrutura dos EUA, como estradas, pontes, aeroportos e hidrovias. Hillary planeja gastar 275 bilhões de dólares ao longo de um período de cinco anos na modernização da infraestrutura americana. Trump tem sugerido que a cifra de Hillary é baixa demais e que ele vai gastar pelo menos o dobro, mas não apresentou um plano detalhado. Tanto Hilllary como Trump esperam que seus investimentos em infraestrutura gerem milhares de novos empregos domésticos. Os investimentos do governo em infraestrutura também provam ser muito populares entre eleitores de todos os matizes. Uma pesquisa recente constatou que 68% dos republicanos, 70% dos independentes e 76% dos democratas acham que Washington deve melhorar a infraestrutura do país. Melhor sistema de saúde para veteranos Tanto Trump quanto Hillary querem reformar a Administração dos Veteranos no Departamento de Saúde, para proporcionar melhores cuidados de saúde aos veteranos americanos. Isso não é pouca coisa: os cerca de 19 milhões de militares veteranos do país e suas famílias representam um importante segmento de eleitores, e o Departamento de Assuntos de Veteranos, órgão responsável pelos militares veteranos, é uma das maiores agências do governo federal americano. O tratamento e os serviços que os veteranos recebem desse departamento se tornaram tema cada vez mais relevante desde 2014, quando um grande escândalo envolvendo mortes de veteranos à espera de atendimento médico abalou a organização. Ambos os candidatos planejam reestruturar os serviços de saúde prestados aos veteranos. Mas enquanto Trump quer permitir que os veteranos tenham acesso à assistência médica privada, Hillary descarta tal opção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos