Homem é esfaqueado por palhaço macabro na Suécia

Fenômeno das pessoas que usam máscaras de palhaço sinistras, que começou nos EUA, espalha-se para outros países e deixa autoridades em alerta. Ministro sueco do Interior pede calma.Um homem foi esfaqueado por um agressor usando uma máscara de palhaço na Suécia, disse a polícia nesta sexta-feira (14/10), enquanto uma onda de palhaços macabros provoca histeria nos Estados Unidos e em outros países. "Um homem nascido em 1997 foi esfaqueado no ombro por um desconhecido que fugiu", afirmou a polícia do condado de Halland, no sul da Suécia. Nesta quarta-feira, outras duas pessoas vestidas de palhaço ameaçaram matar uma mulher no país. "Ela ficou extremamente assustada", disse um porta-voz da polícia ao jornal Aftonbladet. No mesmo dia, um grupo de homens com fantasias de palhaço cercou quatro crianças de 10 anos e as ameaçou com motosserras que se revelaram de mentira. O ministro sueco do Interior, Anders Ygeman, pediu calma. "Não queremos ver uma situação em que uma pessoa se mete numa confusão de verdade porque alguém, talvez em parte fazendo piada, coloca uma máscara de palhaço", disse. McDonald's e Stephen King Nos Estados Unidos, a recente onda de palhaços sinistros nas ruas e nas redes sociais fez com que o McDonald's anunciasse nesta semana que deixaria de usar a imagem do palhaço Ronald McDonald. Desde o fim de agosto, a moda de tentar assustar pessoas ganhou força, com palhaços sinistros escondidos em bosques, aparecendo em ruas escuras ou dirigindo veículos, alguns deles exibindo facas. Cenas do tipo foram relatadas na Califórnia, em Minnesota, na Carolina do Sul, em Nova Jersey e em Nova York. "Se qualquer coisa for suspeita, seja alguém agindo de maneira ameaçadora verbal ou fisicamente, usando qualquer tipo de fantasia, notifique a polícia imediatamente", disse Laurence Martin, da polícia de Nova Jersey. Até mesmo a Casa Branca se manifestou, alertando que as autoridades estão levando tais incidentes a sério. A polícia teme que o fenômeno se intensifique às vésperas do Halloween, festejado no dia 31 de outubro. A loja online HalloweenExpress.com registrou um aumento na procura por máscaras de palhaço neste ano. A empresa baseada no Kentucky afirma que oito dos dez itens mais vendidos são máscaras assustadoras ou macabras de palhaço, comparadas a cinco no ano passado. O autor americano Stephen King, cujo bestseller It, de 1986, tematiza um ser supernatural que aparece em forma de palhaço, reagiu no início do mês ao fenômeno no Twitter. "Ei, pessoal, é hora de acalmar a histeria em torno dos palhaços. A maioria deles é boa, anima as crianças e faz as pessoas rirem", escreveu. Uma adaptação do livro de King para o cinema deve ser lançada no ano que vem, mas a produtora negou qualquer ligação com a aparição dos palhaços macabros. Histeria mundo afora A febre também chegou ao Reino Unido, deixando as autoridades em alerta. No último fim de semana, a polícia de Thames Valley, que cobre uma grande parte de Londres, foi acionada em 14 incidentes nos quais "pessoas relataram terem sido intimidadas ou assustadas por outras vestidas de palhaço". Na última sexta-feira, por exemplo, um homem fantasiado de palhaço e carregando uma faca seguiu quatro crianças que iam para a escola na cidade de Cheste-Le-Street, disse a polícia local. A onda de palhaços macabros também se espalhou para países como Austrália, Nova Zelândia, Holanda e até mesmo Brasil. Palhaços macabros foram vistos em São Paulo e em cidades da região metropolitana, segundo relatos nas redes sociais. A polícia, no entanto, afirmou não ter sido acionada. Em 2014, a França registrou um fenômeno semelhante, o qual, de acordo com o sociólogo Robert Bartholomew, foi "muito intenso e violento", levando à detenção de uma dezena de "palhaços assassinos". "Palhaços podem ser vistos como assustadores porque não é possível ler o rosto deles, e 80% da comunicação é não verbal", afirma. "Se uma pessoa está usando maquiagem ou máscara, é difícil saber se é amigável." LPF/afp/rtr/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos