Agência antidoping pede explicações ao Brasil

Wada afirma que país não está em conformidade com suas regras e pede que pendências sejam esclarecidas até 10 de novembro. Antes dos Jogos do Rio, agência chamou de "inaceitável" a ausência de testes antidoping.O Brasil, a Grécia e a Indonésia estão entre os cinco países que podem ser penalizados pela Agência Mundial Antidoping (Wada) devido a falhas em seus programas antidoping, anunciou a organização nesta quarta-feira (19/10). Em um comunicado, a Wada afirmou que os três países, além da Guatemala e do Azerbaijão, correm o risco de serem declarados em não conformidade com o código da agência. Os cinco têm até o dia 10 de novembro para solucionar irregularidades encontradas por uma comissão criada em 2015 para verificar mensalmente os programas nacionais antidoping. De acordo com a agência, entre as irregularidades estão legislações que não condizem com os valores defendidos pela Wada, o uso de laboratórios não credenciados para testes e ainda questões referentes aos programas antidoping. O Brasil está na mira da Wada desde novembro de 2015. Em março de 2016, a então presidente Dilma Rousseff assinou uma legislação em conformidade com as normas da agência. No entanto, a situação se complicou com a revelação de que o país não realizou testes antidoping em sua equipe durante as semanas que precederam os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A ausência do procedimento foi chamada de "inaceitável" pela organização. CN/afp/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos