Alemanha anuncia rigor contra palhaços macabros

Autoridades afirmam que agressores responderão legalmente pelos seus atos e alertam para o risco de fazer justiça com as próprias mãos. Número de ataques aumenta no país, e ocorrências são registradas em vários estados.Autoridades alemãs anunciaram nesta segunda-feira (24/10) que agirão com rigor contra agressões cometidas pelos chamados palhaços macabros, depois de várias ocorrências registradas em diversos pontos do país. O secretário da Justiça do estado da Renânia do Norte-Vestfália, Thomas Kutschaty, disse que os indivíduos fantasiados de palhaço que ameaçarem outras pessoas irão responder legalmente pelos seus atos e podem ser presos. "Assustar os outros até a morte não é nada engraçado", afirmou. O secretário do Interior da Baviera, Joachim Herrmann, prometeu rigor contra os agressores. A polícia da cidade de Aachen fez um alerta contra a autodefesa, pedindo que as pessoas avaliem com cuidado as situações. "Nem todas as pessoas vestidas de palhaço são potenciais agressores", afirmou a polícia da cidade, alertando para os riscos de se tentar "bancar o herói". Segundo as autoridades, tentar fazer justiça com as próprias mãos não é a melhor resposta aos ataques dos palhaços macabros. A recomendação para quem avistar um desses agressores na rua é evitar o confronto e comunicar o caso imediatamente à polícia. Aumento das ocorrências Nos últimos dias, diversas ocorrências envolvendo os palhaços macabros foram registradas na Alemanha, resultando em sustos e, em alguns casos, em ferimentos. No domingo, na cidade de Rostock, uma mulher lançou gás lacrimogêneo no rosto de um desconhecido vestido de palhaço, que a havia perseguido portando uma faca. O agressor conseguiu escapar. No sábado, em Bremen, um jovem de 21 anos surpreendeu um desses palhaços com um soco no rosto. O homem fantasiado queria lhe roubar a carteira e o celular num ponto de ônibus. Também nesse caso, o palhaço conseguiu fugir. Também em Aachen, um ciclista de 21 anos se machucou quando uma pessoa fantasiada surgiu repentinamente na sua frente, saindo de trás de um arbusto. Em Bergheim, no estado da Renânia do Norte-Vestfália, a polícia informou que um jovem de 20 anos se feriu na mão ao tentar se defender de um agressor vestindo uma máscara de palhaço e que portava uma faca. No estado do Sarre, num trem que viajava entre Saarbrücke e St. Wendel, outro homem vestido de palhaço ameaçou passageiros com uma faca. O agressor, de 26 anos, acabou sendo preso. Os agressores são, geralmente, jovens. Ainda em Bergheim, na sexta-feira, um adolescente de 14 anos foi preso após assustar mãe e filho num playground. Em Wuppertal, outro jovem de 14 anos e um menino de 11 anos foram detidos após assustarem pessoas vestidos de palhaço. A recente onda de palhaços sinistros nas ruas tem origem nos EUA. O primeiro caso na Alemanha foi registrado em Wesel, em meados de outubro, quando dois homens foram abordados numa estação de trem por um homem armado e fantasiado. A associação alemã de palhaços que visitam clínicas médicas criticou os ataques. "Aqueles que assustam crianças e adultos se escondendo atrás de máscaras não apenas causam danos psicológicos nas vítimas como mancham a imagem pública dos palhaços", afirmou Reihard Horstkotte, da organização Rote Nasen (narizes vermelhos). RC/afp/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos