Gripe aviária se espalha pela Europa

Ao menos oito países europeus confirmam casos da doença. Pesquisadores afirmam que vírus H5N8 foi trazido por aves migratórias da Rússia e que surto pode piorar nas próximas semanas.Em meio a um surto de gripe aviária na Europa, o presidente do Instituto alemão Friedrich-Loeffler, Thomas Mettenleiter, afirmou nesta terça-feira (15/11) que o vírus H5N8 que se espalha pelo continente foi traduzido provavelmente por aves migratórias da Rússia. Pelo menos oito países na região reportaram casos de gripe aviária recentemente. Segundo Mettenleiter, o vírus H5N8 foi detectado em meados de 2016 em aves na Rússia central, Sibéria e Mongólia, e devido à semelhança com o agente infeccioso que se espalha atualmente na Europa Central, cientistas acreditam que ele foi traduzido por aves silvestres para a região. O especialista afirmou ainda que o surto pode piorar nas próximas semanas, pois a migração de aves do leste em direção ao oeste está apenas no começo. Até agora, Alemanha, Suíça, Holanda, Polônia, Hungria, Dinamarca, Croácia e Áustria confirmaram casos de infecção. No estado alemão de Schleswig-Holstein, no norte do país, cerca de 30 mil galinhas foram mortas num aviário na cidade de Grumby no último domingo, como precaução, após um foco do vírus ter sido identificado na região. As autoridades estaduais anunciaram ainda medidas de prevenção, incluindo o uso de roupas de proteção para serem usadas nos aviários e uma limpeza e desinfestação completas de todos os veículos usados para transportar aves. Outros dois aviários no norte do país também registraram casos de gripe aviária. O vírus foi identificado ainda em aves silvestres em cinco estados alemães. Diante desse fato, alguns estados determinaram que criadores de aves mantenham os animais em locais fechados. Destruição de ovos Para conter o surto da doença detectada em aves silvestres, a Dinamarca ordenou nesta segunda-feira a destruição de milhares de ovos importados da Alemanha. Os ovos provinham do aviüario em Grumby. O país determinou que as aves de criação sejam mantidas em colocais fechados. A Suíça também adotou medida semelhante. A Hungria confirmou que mais três municípios do país foram afetados pelo surto de gripe aviária. No total, cinco cidades tentam conter a doença. Diversos países, como Canadá, Israel e a Sérvia, restringiram a importação de aves húngaras. O recente surto de gripe aviária atinge a região às vésperas do Natal, quando há uma grande procura por aves. Os produtores estão preocupados com o impacto da doença na produção e nas vendas. Diferente dos subtipos H5N1 e H7N9, o vírus H5N8 não contagia humanos, mas pode ser fatal para aves. A gripe aviária foi detectada pela primeira vez em 2014 em aves migratórias, na Coreia do Sul. Desde então, a doença já foi identificado em criações pela Europa e levou à eliminação de vários animais. CN/dpa/rtr/lusa/ap

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos