Ministro russo da Economia é preso por suspeita de corrupção

Alexei Uliukaiev teria cobrado propina milionária em troca de sinal verde para compra da companhia estatal de energia Bashneft pela gigante petrolífera Rosneft.O ministro da Economia da Rússia, Alexei Uliukaiev, foi preso na noite de segunda-feira (14/11) por agentes dos serviços secretos russos sob acusações de envolvimento em um caso de extorsão. A operação, levada a cabo pela FSB (ex-KGB), foi divulgada nesta terça-feira pela Comissão de Inquérito do país. De acordo com a investigação, Uliukaiev, de 60 anos e ministro desde 2013, "exigiu da administração da Rosneft", empresa petrolífera russa, uma propina de dois milhões de dólares. Em troca, ele daria seu consentimento para a aquisição milionária da companhia estatal de energia Bashneft. O episódio teria acontecido no mês passado. Ainda segundo a nota da Comissão de Inquérito, o ministro "ameaçou usar os poderes inerentes às suas funções para colocar obstáculos às atividades da empresa" caso esta não lhe pagasse a quantia estipulada. A administração da Rosneft contatou então as autoridades. Essa é a primeira vez que um alto funcionário russo é detido na Rússia desde o esfacelamento da União Soviética em 1991. Uliukaiev é visto como um tecnocrata e uma das figuras-chave do governo do presidente Vladimir Putin na atual conjuntura de recessão econômica que o país atravessa. Ele pode receber uma sentença de oito a quinze anos de prisão. IP/rtr/lusa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos