Greve da Lufthansa afeta 100 mil passageiros

Cancelamentos acontecem sobretudo nos aeroportos de Frankfurt e Munique. Paralisação atinge 876 voos operados pela companhia aérea alemã, 51 deles com rotas internacionais, inclusive com destino ao Brasil.Cerca de 100 mil passageiros são afetados pela greve de pilotos da companhia aérea Lufthansa nesta quarta-feira (23/11), informou a empresa alemã em comunicado. Ao total, 876 voos operados pelo grupo foram cancelados, 51 deles sendo rotas internacionais. A paralisação deve se estender até a meia-noite de quinta-feira (hora local). Segundo comunicado da Lufthansa, dos 3 mil voos programados, apenas 2.124 serão realizados. Os 5,4 mil pilotos da companhia paralisaram suas atividades à meia-noite, no que já representa a 14ª greve do grupo desde abril de 2014. A companhia recorrey a um tribunal de Frankfurt para impedir a greve, mas o pedido foi rejeitado. A greve afeta sobretudo os aeroportos de Frankfurt e Munique, mas envolve apenas rotas da Lufthansa. Voos operados pelas subsidiárias Germanwings, Eurowings, Air Dolomiti, Austrian Airlines, SWISS e Brussels Airlines deverão operar normalmente. O voo LH 506, que partiria de Frankfurt para São Paulo-Guarulhos às 21h55 (hora local), foi cancelado. No site da Lufthansa, ainda não há confirmação se o mesmo voo programado para a quinta-feira sairá. Nesta quinta-feira, estão previstos ainda dois voos da Lufthansa saindo do Brasil em direção a Frankfurt – o LH 501, que parte do Rio, e o LH 507, de São Paulo. Ainda não há informação se ambos serão afetados pela greve. A greve dos pilotos da companhia aérea foi convocada pelo sindicato Cockpit depois de terem fracassado as negociações para um acordo coletivo. A última rodada de negociações entre a empresa e o sindicato foi interrompida em setembro de 2015. Os pilotos pedem aumentos salariais de de 3,66% por ano com efeitos retroativos desde 2012. A Lufthansa oferece 2,5% durante um período de seis anos. IP/efe/lusa/afp/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos