População parda quase se iguala à branca, diz IBGE

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios revela que, em 2015, 45,2% dos residentes no Brasil se declararam brancos, enquanto 45,1% eram pardos. População que se diz branca vem caindo desde 2004, segundo instituto.Pela primeira vez, a população brasileira que se declara parda praticamente se igualou àquela que diz ser branca no país. Os dados, referentes a 2015, são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada nesta sexta-feira (25/11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No ano passado, a população era composta por 45,2% de pessoas de cor branca e 45,1% de pardos. Além disso, 8,9% dos residentes se declararam pretos. Em números absolutos, 92,636 milhões de pessoas se disseram brancas, 92,310 milhões, pardas e 18,153 milhões disseram ser pretas. De acordo com a pesquisa do IBGE, a população branca no país vem diminuindo desde 2004, enquanto um aumento dos demais grupos vem sendo observado. Em 2006, o número de pardos e pretos, que compõem juntos a raça negra, ultrapassou o número de brancos pela primeira vez. Ao ir às ruas, a Pnad pergunta aos entrevistados com que cor ou raça se identificam, seguindo as denominações do IBGE: branca, preta, parda, amarela ou indígena. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, especialistas em questões raciais afirmam que o aumento gradativo da autodeclaração de pretos e pardos se deve aos movimentos de orgulho negro e de combate ao racismo no país. O instituto afirma ainda que a composição da população segundo cor ou raça entre as grandes regiões do Brasil é bastante diferenciada. No Sul, onde há muitos descendentes de imigrantes europeus, 76,7% dos residentes se declararam brancos, 18,6%, pardos e somente 3,9% se disseram pretos. Enquanto isso, a porcentagem de brancos na região Norte é de 21,2% e, no Nordeste, de 26,4%. Os pardos, por outro lado, representam 70,2% da população do Norte e 62% da do Nordeste. No Sudeste, 52,9% dos brasileiros se disseram brancos, 36,5%, pardos e 9,7% se declararam pretos. Em todas as regiões brasileiras, a porcentagem de mulheres que se declararam brancas foi maior do que a de homens. No Brasil, 46,4% das mulheres e 44% dos homens se disseram de cor branca. Em 2015, ainda segundo a Pnad, a população residente no país foi estimada em aproximadamente 204,9 milhões de pessoas, crescendo 0,8% em relação ao ano anterior – um acréscimo de 1,7 milhão de habitantes. As maiores variações ocorreram nas regiões Norte (1,4%) e Centro-Oeste (1,5%). O Sudeste, por sua vez, possui a maior população, de 85,9 milhões de pessoas (41,9% do total). EK/lusa/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos