Atentado contra ônibus mata 13 e fere mais de 50 na Turquia

Carro-bomba é jogado contra veículo que levava soldados em dia de folga, na região central do país. Governo sugere que ataque tem conexão com radicais curdos.Pelo menos 13 militares morreram e outros 55 ficaram feridos neste sábado (17/12), quando um carro-bomba foi jogado contra um ônibus civil no qual viajavam soldados na cidade de Kayseri, região central da Turquia. O atentado acontece apenas uma semana depois de outras 44 pessoas terem sido mortas num duplo ataque a bomba em Istambul depois de uma partida de futebol. Na ocasião, a ação foi rapidamente reivindicada por extremistas curdos. O ônibus alvo do ataque deste sábado era um veículo de transporte urbano civil. Ele foi atacado quando efetuava uma parada perto de um campus universitário, em uma avenida no qual também está um complexo de quartéis militares. Pelo fato de o ataque ter ocorrido no sábado, não havia estudantes na região, e o trânsito também era pouco intenso. Entre os feridos, 48 são militares, e outros sete, civis. O governo turco impôs um bloqueio temporário à cobertura da explosão e apelou aos órgãos de comunicação que não publiquem nada que possa provocar "medo no público, pânico e desordem e que possa servir aos objetivos das organizações terroristas". O vice-primeiro-ministro da Turquia, Veysi Kaynak, disse que o atentado se parece com o de Besiktas, em referência ao ataque suicida com carro-bomba ocorrido no último fim de semana perto de um estádio em Istambul. Após o ataque da semana passada, o governo prometeu vingança. O atentado foi reivindicado por uma ramificação do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que realiza uma insurgência de três décadas, principalmente no sudeste turco, em grande de população curda. "Mais cedo ou mais tarde, teremos nossa vingança, este sangue não será deixado no chão, não importa o preço", disse na ocasião o ministro do Interior, Suleyman Soylu. RPR/efe/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos