Europa recebeu 350 mil migrantes em 2016

Cifra representa queda drástica em relação ao ano anterior, quando mais de um milhão de refugiados entraram no continente. Enquanto fluxo do Oriente Médio cai, cresce migração a partir da África.Cerca de 350 mil migrantes chegaram à União Europeia em 2016, um declínio significativo em relação a 2015, ano do ápice da crise dos refugiados, em que mais de um milhão de pessoas chegaram ao continente. Em entrevista publicada neste sábado (17/12) pelo jornal alemão Ruhr Nachrichten, Frabrice Leggeri, diretor-executivo da agência europeia de fronteiras Frontex, afirmou que 180 mil chegaram através da Turquia e do Mediterrâneo Oriental. Os outros 170 mil, de acordo com ele, entraram através da rota do Mediterrâneo Central, a partir da Líbia e do Egito. Leggeri evitou fazer prognósticos para 2017. "Prognósticos são sempre difíceis. Eu ficaria realmente feliz se o número de refugiados no próximo ano continuasse estável e não subisse", assinalou. Leggeri disse que o acordo entre a União Europeia e a Turquia reduziu o número de migrantes provenientes do Oriente Médio, mas destacou que a migração do norte de África subiu 30%. "A pressão agora está vindo sobretudo da África", comentou. A Organização Internacional das Migrações informou na sexta-feira que 4.812 pessoas morreram no Mediterrâneo entre janeiro e final de novembro deste ano, 1.200 a mais do que no ano passado. RPR/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos