Cronologia: terrorismo na Alemanha

Ainda não foi confirmado que a tragédia num mercado de Natal em Berlim, onde um caminhão avançou contra a multidão, se trata de um atentado. Mas a Alemanha está há muito tempo na mira do terrorismo. Confira a cronologia.Outubro de 2016 – Leipzig O sírio Jaber al-Bakr foi preso em Leipzig, após ser amarrado por conterrâneos. O jovem de 22 anos havia comprado explosivos e, de acordo com a polícia, pretendia atacar um aeroporto em Berlim. Al-Bakr se enforcou pouco depois de ser detido, em sua cela em Leipzig. 24 de julho de 2016 – Ansbach Diante da entrada de um festival de música, o refugiado sírio Mohammed D., de 27 anos, detonou explosivos presos ao próprio corpo. Várias pessoas ficaram feridas. D. havia jurado lealdade ao grupo extremista "Estado Islâmico" (EI). O homem, que tinha problemas psíquicos, recebeu instruções pelo celular até instantes ates da explosão. O EI reivindicou o ataque. 18 de julho de 2016 – Würzburg Um refugiado do Afeganistão de 17 anos de idade atacou, com um machado e uma faca, passageiros de um trem regional em Würzburg, na Baviera. Várias pessoas ficaram feridas, algumas delas correndo risco de morte. Em fuga, o agressor foi morto pela polícia. O EI reivindicou a autoria do atentado, mas permanece incerto se o jovem afegão realmente tinha contato com o grupo extremista. Os investigadores partem do princípio de que ele havia se radicalizado por conta própria. Maio de 2016 – Düsseldorf Três supostos membros do EI são detidos nos estados alemães de Renânia do Norte-Vestfália, Brandemburgo e Baden-Württemberg. As autoridades partem do princípio de que os três, junto com mais um qWürzburguarto jihadista, preso na França, planejavam um atentado no centro de Düsseldorf, no oeste da Alemanha. Segundo os investigadores, dois homens pretendiam detonar coletes explosivos presos a seus corpos, e os outros dois, matar o maior número de civis com armas e explosivos. Abril de 2016 – Essen Num ataque a bomba a um templo sikh em Essen, três homens foram feridos, ficando um deles em estado grave. Os suspeitos, que foram detidos, eram jovens que teriam contato com a cena salafista. 26 de fevereiro – Hannover O jovem Safia S., de 15 anos, atacou um policial na estação central de Hannover. O agente foi gravemente ferido e teve que ser submetido a uma cirurgia. Segundo a polícia, S. queria se juntar ao "Estado Islâmico" na Síria. Fevereiro de 2016 – Berlim Numa operação nos estados de Berlim, Renânia do Norte-Vestfália e Baixa Saxônia, a polícia desmantelou uma célula terrorista. Os quatros suspeitos, da Argélia, planejavam um ataque na capital alemã. Segundo as autoridades, o plano do grupo ainda estava no início. Abril de 2015 – Oberursel A polícia do estado de Hessen prendeu um casal em Oberursel, que planejava um ataque. Os dois seriam salafistas, e o alvo do atentado seria uma corrida de ciclismo, que foi cancelada por motivos de segurança. No porão dos suspeitos, os investigadores encontraram uma bomba caseira. O homem foi condenado a dois anos de prisão por falsidade ideológica e pose de arma e explosivos ilegais. Ele escapou, porém, da condenação por estar planejando um ataque terrorista. A Justiça não encontrou provas concretas de que ele pertencia a uma organização terrorista. As investigações contra a esposa foram arquivadas. Dezembro de 2012 – Bonn Na estação central de Bonn, foi encontrada uma mala com explosivos. A Promotoria Federal afirmou que se tratava de uma tentativa de atentado terrorista com motivações islamistas. Em 2013, quatro suspeitos de estarem planejando um ataque contra o líder do grupo extremista de direita "Pro NRW" foram presos. Um deles teria colocado a bomba em Bonn. O processo contra o suspeito corre desde 2014, em Düsseldorf. Abril de 2011 – Düsseldorf Investigadores detêm em Düsseldorf três supostos membros da Al Qaeda, que teriam planejado um ataque a bomba na Alemanha. Em dezembro de 2011, um quarto suposto membro da chamada Célula de Düsseldorf foi preso. No final de 2014, os quatro homens foram condenados a vários anos de prisão. Março de 2011 – Frankfurt am Main Em março de 2011, as autoridades impediram um atentado islamista no aeroporto de Frankfurt. Um albanês de Kosovo matou a tiros dois soldados americanos e deixou outros dois feridos. Ele foi condenado à prisão perpétua. Setembro de 2007 – Oberschledorn A organização islamista Grupo Sauerland foi detida. Em 2010, seus quatro integrantes foram condenados por planejarem atentados em discotecas, aeroportos e instituições americanas na Alemanha. As penas chegaram a 12 anos de prisão. Julho de 2006 – Colônia Na estação central de Colônia, dois homens colocaram malas com explosivos em trens regionais que iam para Hamm e Koblenz, mas as bombas não explodiram. Em dezembro de 2008, o "homem das malas explosivas" foi condenado à prisão perpétua. CN/LPF/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos