Trump nomeia bilionário como secretário do Exército

Dono de uma equipe de hóquei e presidente de uma gigante de comércio eletrônico, Vincent Viola se formou em academia militar. A "Forbes" estima seu patrimônio em 1,8 bilhão de dólares.O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, nomeou nesta segunda-feira (19/12) o bilionário e filantropo Vincent Viola como secretário do Exército de seu governo. O nome foi anunciado pela equipe de transição do republicano e ainda precisa ser confirmado pelo Senado. Em comunicado, Trump elogiou Viola como "a prova viva do sonho americano" e como alguém que "há muito tempo se engaja em questões de segurança nacional". Filho de imigrantes italianos e nativo do Brooklyn, Viola fez fortuna sozinho e chegou a presidir a Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex). Atualmente ele é presidente de Virtu Financial, uma das maiores empresas de comércio eletrônico do mundo. Em 2013, ele também ficou conhecido por ter comprado o time de hóquei The Florida Panthers por 250 milhões de dólares. A revista Forbes estima seu patrimônio em 1,8 bilhão de dólares. Caso tenha seu nome aprovado pelo Senado, Viola entrará para o leque de multimilionários que deverão fazer parte da equipe de Trump. O cargo, que não é considerado um posto do gabinete presidencial, é vinculado à Secretária de Defesa e tem caráter civil, com responsabilidade legal em todas as questões relacionadas ao Exército americano, tais como equipe, instalações, questões ambientais, aquisição de equipamento e armamento, assim como questões administrativas. Casado e com três filhos, Viola tem como vínculo com o mundo militar o fato de ter se graduado na prestigiada Academia Militar de West Point e dedicou muitas de suas obras beneficentes para essa área. Depois dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, Viola fundou o Centro de Combate ao Terrorismo em West Point (CTC) e a empresa Rowan Technology Solutions, para apoiar a educação dos cadetes nas áreas de história militar, ciência militar e liderança. Viola, de 60 anos, também apoia o Instituto Cibernético do Exército, o Instituto Moderno da Guerra e a sua equipe de atletismo. Fora do âmbito militar, ele destinou verbas a obras de caridade da Igreja Católica. IP/efe/ap

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos