Vídeo mostra Amri em estação francesa

Registro de câmera de vigilância de estação de trem em Lyon confirmariam que o suspeito de executar o atentado de Berlim viajou para a Itália através da FrançaImagens de uma câmera de vigilância da cidade francesa de Lyon confirmariam que o suspeito de executar o atentado de Berlim, Anis Amri, viajou para a Itália através da França. informaram nesta segunda-feira (26/12) fontes ligadas aos investigadores franceses. As imagens de uma câmera de vigilância mostram Amri desacompanhado, andando na tarde de quinta-feira na estação de trem de Part-Dieu, em Lyon. Segundo a fonte, os investigadores também têm a certeza de que o jovem comprou naquela estação, com dinheiro em espécie, um bilhete para a cidade italiana de Milão, com conexão na cidade francesa de Chambéry. A emissora francesa BFM TV afirmou que foram encontrados dois bilhetes de trem para o trajeto Lyon-Chambéry-Milão, um dos quais não tinha sido validado. As autoridades não sabem quando e como Amri entrou em território francês. O ataque à feira de Natal do bairro berlinense Charlottenburg, há uma semana, deixou 12 mortos e mais de 50 feridos, quando um caminhão avançou sobre as barracas da feira. O tunisiano Anis Amri, de 24 anos, é o principal suspeito de ser o condutor do veículo. Ele foi morto na sexta-feira durante um tiroteio com policiais na cidade de Sesto San Giovanni, nos arredores de Milão, na Itália. MD/efe/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos