CIA coloca 12 milhões de páginas na internet

Cerca de 800 mil documentos que estavam disponíveis apenas em Washington podem agora ser consultados pela internet. Arquivo vai dos anos 1940 à década de 1990.A CIA disponibilizou nesta terça-feira (17/01) uma ferramenta de busca online no seu vasto banco de dados de documentos secretos. O acervo abrange o período dos anos 1940 à década de 1990, incluindo Guerra Fria, Guerra da Coreia e Guerra do Vietnã. São quase 800 mil documentos. No arquivo não consta nenhum documento que já não estivesse liberado. A novidade é que as cerca de 12 milhões de páginas do banco de dados, que antes só podiam ser acessadas na National Archives and Records Administration (Nara), em Washington, agora estão disponíveis na internet. "O acesso a esta coleção de significância histórica não é mais limitado pela geografia", disse Joseph Lambert, diretor de Gestão da Informação da CIA, acrescentando que as pessoas podem vasculhar o arquivo de casa, a partir de seus computadores. A lei americana estabelece que as agências verifiquem seus documentos secretos de mais de 25 anos para determinar se podem ou não ser liberados. O banco de dados pode ser acessado emhttps://www.cia.gov/library/readingroom/. IP/dw

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos