Historiador Garton Ash recebe Prêmio Carlos Magno

Autor impulsiona debate necessário sobre normas e valores europeus, afirma conselho do prêmio, um dos mais importantes da Europa e concedido a pessoas que contribuíram para a integração europeia.O historiador britânico Timothy Garton Ash, de 61 anos, receberá o Prêmio Carlos Magno de 2017 por sua contribuição ao diálogo na Europa, afirmou neste domingo (21/01) o conselho responsável pela escolha. Garton Ash é diretor do Centro de Estudos Europeus da Universidade de Oxford e autor de uma obra que, segundo o conselho, impulsiona um debate necessário sobre normas e valores europeus. Garton Ash é um "europeu britânico e um britânico europeu" que sempre defendeu a unidade do continente e contribuiu para dar à opinião pública uma visão positiva das revoluções pacíficas no leste da Europa e da reunificação alemã, afirmou o conselho. O triunfo do Brexit no referendo britânico foi qualificado por Garton Ash de derrota pessoal. Ele disse que pretende continuar lutando pela vinculação do Reino Unido à União Europeia. "Ele é um defensor da democracia e de seus princípios e de uma cultura de debates abertos e um lutador para que a verdade se imponha sobre a mentira na sociedade da comunicação", afirmou o conselho. "Timothy Garton Ash se opõe aos populistas do nosso tempo e desenvolve ideias que podem nos guiar no mundo globalizado", acrescentou. O Prêmio Carlos Magno é entregue desde 1950 pela cidade alemã de Aachen a pessoas que contribuíram para a integração europeia. Em 2016, a distinção foi concedida ao papa Francisco. AS/efe/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos