Jovens mortos na Baviera sofreram intoxicação

Autópsias indicam que cinco rapazes e uma moça encontrados sem vida em uma cabana no interior da Baviera morreram intoxicados por monóxido de carbono. Polícia investiga origem do gás.Dois dias após a descoberta dos corpos de seis jovens numa cabana em Arnstein, no estado de Baviera, as autoridades locais revelaram a causa das mortes nesta nesta terça-feira (31/01). "Todos os seis morreram intoxicados por monóxido de carbono", disse um porta-voz da polícia com base no resultado das autópsias. Os cinco rapazes e uma moça, com idades entre 18 e 19 anos, participaram de uma festa na cabana o sábado à noite. O pai de dois dos mortos encontrou os corpos no domingo pela manhã. Ele havia se preocupado por não ter ouvido nada dos filhos depois da festa. A polícia logo descartou a possibilidade de morte por violência. Ao mesmo tempo, confirmou que, por causa do frio, os jovens usaram um fogão à lenha para se aquecer. Segundo a polícia, foram encontrados também outros equipamentos na cabana que poderiam ter causado a intoxicação. "As investigações da polícia focam nas causas para o vazamento de gases tóxicos", diz uma nota conjunta da polícia e da promotoria que investigam o caso. A pequena cidade de Arnstein, de 8 mil habitantes, está consternada. Na noite desta segunda-feira, familiares e amigos participaram de um culto ecumênico para lembrar as vítimas. O monóxido de carbono (CO) é um gás tóxico incolor e inodoro, cuja presença é muito difícil de ser detectada. Ele resulta da combustão de matéria orgânica. RW/dpa/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos