Rodrigo Maia é reeleito presidente da Câmara

Deputado do DEM, com apoio do Planalto e de 13 legendas, se mantém na chefia da casa parlamentar ao obter ampla maioria dos votos. Ele é o primeiro na linha de sucessão presidencial.Com 293 votos, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito nesta quinta-feira (02/02), em primeiro turno, presidente da Câmara dos Deputados, com mandato até janeiro de 2019. Maia, que teve apoio do Planalto e de 13 legendas, derrotou cinco candidatos: Jovair Arantes (PTB-GO), que obteve 105 votos, André Figueiredo (PDT-CE), com 59, Júlio Delgado (PSB-MG), com 28, Luiza Erundina (PSol-SP), com 10, e Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que obteve quatro votos na disputa. No total, votaram 504 dos 513 deputados, sendo que cinco deles votaram em branco. A candidatura de Maia chegou a ser contestada na Justiça por seus adversários. Na quarta-feira, o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou três pedidos para barrá-la, permitindo que ele participasse da disputa. Seis candidaturas foram impugnadas. Na sessão desta quinta-feira, Maia, eleito em julho de 2016 para assumir a presidência da Câmara após a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), destacou a independência da casa parlamentar. "Quando se fala em Câmara forte, é preciso apoio para que a Câmara seja forte. É por isso que nossos embates devem ser resolvidos aqui dentro. Para que mostremos ao Judiciário que a Câmara quer a sua soberania garantida", disse o deputado, o primeiro na linha sucessória da Presidência da República. A sessão foi presidida pelo vice-presidente da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA). A votação secreta e realizada em cabines eletrônicas começou às 9h (horário de Brasília). Na sessão, também devem ser eleitos 11 cargos que compõem a Mesa Diretora da Câmara – um presidente, dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes, que vão comandar os trabalhos entre 2017 e 2019. Para ser eleito, o candidato precisa de maioria absoluta dos votos em primeiro turno ou ser o mais votado no segundo turno. As vagas de vice-presidentes, secretários e suplentes são distribuídas proporcionalmente entre os blocos, mas o presidente da Câmara pode ser de qualquer partido. EK/KG/ABr/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos