Voo mais longo do mundo chega à Nova Zelândia

Após mais de 16 horas de viagem e 14.500 quilômetros, Boeing da Qatar Airways aterrissa em Auckland. Avião teve quatro pilotos a bordo e passou por zonas com dez diferentes fusos horários.Aterrissou nesta segunda-feira (06/02) na Nova Zelândia o voo comercial mais longo do mundo. Operado pela Qatar Airways, o Boeing 777-200LR fez o trajeto de mais de 14.500 quilômetros entre Doha e Auckland em 16 horas e 23 minutos. "Oficialmente pousamos em Auckland", escreveu a companhia aérea no Twitter, às 7h25 (horário local), celebrando a primeira chegada do recém-lançado voo cinco minutos antes do horário planejado. O voo cruzou cinco países, passou por zonas com dez diferentes fusos horários e, como lembrou a Qatar Airways, foi mais longo que as trilogias de O senhor dos anéis e O hobbit, ambas filmadas na Nova Zelândia. Havia quatro pilotos a bordo e 15 comissários, que, segundo a companhia aérea, serviram 1.100 chícaras de chá, 2 mil bebidas geladas e 1.036 refeições. O número de passageiros não foi divulgado, mas quem quiser voltar para Doha terá que ter ainda mais paciência: devido a correntes de vento, o voo de retorno está previsto para durar 17 horas e 30 minutos. Antes, o voo comercial mais longo, operado desde março do ano passado, era o da Emirates Airlines entre Dubai e Auckland, compreendendo um trajeto de 14.200 quilômetros. A Air India diz ter o voo mais longo do mundo, entre Nova Délhi e São Francisco. Esse voo, porém, acrescenta 1.400 quilômetros em seu trajeto (que totaliza 15.300 quilômetros) para aproveitar ventos de cauda. As cidades de Doha e Auckland são mais distantes uma da outra. RPR/ap/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos