UE aprova acordo comercial com o Canadá

Parlamento Europeu dá sinal verde ao controverso Tratado de Livre-Comércio e Investimentos entre a União Europeia e o país norte-americano. Texto ainda precisa ser ratificado pelos parlamentos nacionais.O Parlamento Europeu em Estrasburgo aprovou nesta quarta-feira (15/02) o Tratado de Livre-Comércio e Investimentos entre União Europeia e Canadá (Ceta, na sigla em inglês). O Partido Popular Europeu (PPE), os conservadores e reformistas (ECR) e os liberais (ALDE) se pronunciaram em favor do acordo, enquanto os social-democratas se dividiram e os verdes e a Esquerda Unitária, assim como as forças eurocéticas, votaram majoritariamente contra. A aprovação do Parlamento Europeu era fundamental para que o Ceta, que começou a ser negociado em 2009, pudesse ser levado adiante. Sua aprovação definitiva depende ainda da ratificação dos legislativos nacionais. O Ceta tem como objetivo eliminar 98% das tarifas alfandegárias e facilitar o intercâmbio comercial e de investimentos de bens e serviços com o Canadá, além de criar oportunidades para a agricultura. Enquanto seus defensores dizem que o Ceta vai reforçar o crescimento econômico e gerar empregos, os críticos temem uma redução dos padrões europeus – em parte, devido à natureza sigilosa das negociações – em áreas como legislação trabalhista, direitos dos consumidores e proteção ambiental. Antes da votação, centenas de manifestantes contrários ao tratado se reuniram em torno do Parlamento. Integrantes da organização ambientalista Greenpeace formaram uma corrente humana na área se acesso ao local, tentando impedir a entrada de veículos oficiais. RC/efe/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos