Milhares exigem que Espanha acolha mais refugiados

Marcha em Barcelona acusa governo de não cumprir promessa de acolhimento e pede mais solidariedade com pessoas em fuga de guerras e conflitos. Polícia estima participação de 160 mil.Cerca de 160 mil pessoas participaram neste sábado (18/02) em Barcelona de uma manifestação a favor do acolhimento de mais refugiados pela Espanha, segundo cálculos da polícia. Os organizadores falaram em 300 mil pessoas. O centro de Barcelona foi tomado por uma maré azul a partir das 16h, quando dezenas de milhares de pessoas se concentraram e transbordaram os limites da praça Urquinaona, local do início da marcha. A marcha, organizada sob o lema "Queremos acolher", foi apoiada pela maioria dos partidos políticos catalães, sindicatos e numerosas organizações da sociedade civil. Ela saiu do centro da cidade e se deslocou até a costa do Mediterrâneo, percorrendo um trajeto simbólico, já que muitos refugiados morreram no mar. Os participantes querem que o governo em Madri acolha mais pessoas que chegam à Europa em fuga de conflitos nos seus países de origem, como a Síria. Eles acusaram o governo de não cumprir a promessa, feita em 2015, de permitir a entrada de 17 mil refugiados na Espanha em dois anos. No período, o país acolheu apenas 1.100. Muitos exibiram cartazes com dizeres como "Chega de desculpas", "Chega de mortes" e "Vamos abrir as fronteiras". A prefeita de Barcelona, Ada Colau, que também se uniu à marcha, disse esperar que a capital catalã "se converta na capital da esperança, da defesa dos direitos humanos e da paz". AS/lusa/efe

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos