Urso de Ouro em Berlim para filme húngaro "On body and soul"

Diretora húngara Ildikó Enyedi ganha o principal prêmio do Festival de Cinema de Berlim com sua tragicomédia romântica. Urso de Ouro de melhor curta-metragem vai para português Diogo Costa Amarante.A tragicomédia romântica húngara Teströl és lélekröl (On body and soul, no título em inglês), da diretora Ildikó Enyedi, ganhou neste sábado (18/02) o Urso de Ouro de melhor filme do Festival de Cinema de Berlim, a Berlinale. O brasileiro Joaquim, de Marcelo Gomes, era um dos 13 filmes que concorriam ao principal prêmio da 67ª edição do festival. Já o Urso de Prata de melhor diretor foi para o finlandês Aki Kaurismäki, por sua obra The other side of hope (O outro lado da esperança). O vencedor de melhor roteiro foi o chileno Sebastián Lelio, por Uma mulher fantástica, que conta a história de uma transgênero. O júri presidido pelo diretor holandês Paul Verhoeven concedeu o Grande Prêmio do Júri ao senegalês Alain Gomis, pela sua história de uma destemida mulher africana em Félicité. Os Ursos de Prata de melhor interpretação foram para o ator alemão Georg Friedrich, por seu papel de um pai atribulado em busca de comunicação com um adolescente em Helle Nächte (Noites claras) e para a atriz coreana Kim Min-hee por sua atuação em On the Beach at Night Alone (Sozinha na praia à noite). Ela interpreta uma atriz que passa uma temporada longe do trabalho em Hamburgo. O Urso de Ouro de melhor curta-metragem foi para a produção portuguesa Cidade pequena, de Diogo Costa Amarante. O filme conta a história de Frederico, de 6 anos, e sua mãe. Um total de 18 filmes competia pelos Ursos do Festival de Berlim, que se manteve fiel à sua tradição de festival engajado e exibiu filmes com mensagens políticas e sociais, com eixos temáticos como o drama dos refugiados, como o de Kaurismäki, e a aposta pela diversidade sexual, como o de Lelio. Esta é a lista de todos os premiados: Urso de Ouro: On body and soul, de Ildikó Enyedi (Hungria). Urso de Prata, Grande Prêmio do Júri: Félicité, de Alian Gomis (França-Senegal). Urso de Prata de melhor diretor: The other side of hope, de Aki Kaurismäki (Finlândia). Urso de Prata de melhor atriz: Kim Min-hee por On the beach at night alone, de Hong Sang-soo (Coreia do Sul). Urso de Prata de melhor ator: Georg Friedrich por Helle Nächte, de Thomas Arslan (Alemanha). Urso de Prata de melhor contribuição artística: Dana Bunescu pela montagem de Ana, mon amour, de Calin Peter Netzer (Romênia). Urso de Prata de melhor roteiro: Sebastián Lelio e Gonzalo Maza por Uma mulher fantástica, de Sebastián Lelio (Chile). Urso de Prata de melhor documentário: Ghost Hunting, de Raed Andoni (França/Palestina/Suíça). Prêmio Alfred Bauer: Pokot, de Agnieszka Holland (Polônia). Prêmio de melhor estreia: Verão 1993, de Carla Simón (Espanha). Urso de Ouro de melhor curta-metragem: Cidade Pequena, de Diogo Costa Amarante (Portugal). Urso de Prata de melhor curta-metragem: Ensueño en la pradera, de Esteban Arrangoiz (México). AS/efe/dpa/dw

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos