Casal Obama fecha acordo milionário com editora

Penguin Random House paga 60 milhões de dólares por direitos sobre dois primeiros livros que Barack e Michelle Obama escreverão após deixarem a Casa Branca, aponta jornal. Disputa editorial foi acirrada.O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama e sua esposa, Michelle, chegaram nesta terça-feira (28/02) a um acordo com a editora Penguin Random House para publicar os primeiros livros que os dois escreverão após deixarem a Casa Branca. Apesar de detalhes do acordo não terem sido revelados, o jornal Financial Times afirmou que a editora pagou cerca de 60 milhões de dólares para garantir os direitos mundiais sobre os livros, que ainda não têm data para serem publicados. Segundo a editora, o casal tem a intenção de doar parte dos lucros para associações de caridade, incluindo a Fundação Obama. A Penguin Random House não divulgou os temas dos livros nem quando eles serão lançados, mas é provável que eles cubram o período da presidência de Obama. Segundo o Financial Times, a disputa pelos direitos mundiais das futuras obras foi acirrada. Outras editoras interessadas eram a HarperCollins e a Simon & Schuster. Obama publicou em 1995 Dreams from my father: a story of race and inheritance, em 2006, The audacity of hope: thoughts on reclaiming the american dream e, em 2010, Of thee I sing: a letter to my daughters, com editoras associadas da Penguin Random House, que tem sede em Nova York. A ex-primeira-dama publicou em 2012 American grown: the history of the White House Kitchen Garden and gardens across America pela editora Crown, também da Penguin Random House. AS/efe/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos