Ucrânia veta participação de cantora russa em concurso

Yulia Samoylova está proibida de participar do Festival Eurovisão em Kiev por ter se apresentado na Crimeia, anexada pela Rússia há três anos. Moscou classifica ato de "ultrajante, cínico e desumano$escape.getQuote().A Ucrânia vetou a entrada no país da concorrente russa do Festival Eurovisão da Canção, porque a cantora se apresentou na Península da Crimeia, território que foi anexado por Moscou em 2014. Desde então, as relações entre Kiev e Moscou se deterioraram e culminaram na desestabilização do leste ucraniano. O serviço secreto ucraniano comunicou nesta quarta-feira (22/03) que "proibiu a cidadã da Federação Russa Yulia Samoylova de entrar no país por um período de três anos". Uma porta-voz disse que Samoylova violou leis ucranianas quando visitou a Crimeia, em 2015, ao entrar no território peninsular sem passar pelas fronteiras continentais da Ucrânia. A cantora de 27 anos, que está confinada a uma cadeira de rodas desde a infância, cantou na abertura dos Jogos Paralímpicos de Inverno de 2014, em Sochi. Em 2015, ela viajou para a já anexada Crimeia para se apresentar num evento de gala destinado a promover o esporte. No início deste mês, Samoylova foi escolhida para representar a Rússia no 62º Festival Eurovisão de Canção, que será realizado entre 11 e 13 de maio em Kiev. Moscou atacou as autoridades ucranianas após o veto de entrada, classificando-o de "outro ato ultrajante, cínico e desumano". Anteriormente, a Ucrânia havia condenado a escolha da cantora como uma "provocação russa, enquanto o Kremlin insistiu em se opor à "politização" do evento musical internacional. Os organizadores do Eurovisão disseram estar "profundamente desapontados" com a decisão de Kiev, afirmando que esta vai "tanto contra o espírito do contesto quanto contra a noção de inclusão que está no cerne de seus valores". Samoylova pretendia cantar "Flame Is Burning", em inglês. Após ter sido escolhida, ela disse a um jornal russo que era seu "maior sonho" cantar no Festival Eurovisão. PV/afp/rtr/ap/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos