As cédulas de dinheiro mais curiosas

Silke Ballweg (md)

A nova nota de 50 euros chega ao mercado ainda mais segura contra falsificações. Mas ela é menos espetacular do que determinados exemplares, como uma cédula pouco maior que um selo postal, ou outra com 14 zeros.Nesta terça-feira (04/04), está sendo lançada a nova nota de 50 euros. A cédula conta com novos mecanismos para dificultar falsificações, mas tem características que chamam menos atenção que determinados exemplos curiosos encontrados mundo afora. Até agora, a menor cédula do planeta vem da Romênia. O banco central romeno emitiu a nota de 10 bani como medida de urgência em 1917, durante a Primeira Guerra Mundial. Devido à escassez de matérias-primas para moedas, a solução foi fazer cédulas mesmo para valores pequenos. Com um tamanho de 27,5 x 38 milímetros, a nota verde-castanha era pouco maior do que um selo postal. Já a maior de todas, pouco apropriada para as carteiras convencionais, era a de 100 mil pesos filipinos, cujas dimensões ultrapassam a de uma folha de papel A4, cujas dimensões são 21 x 29,7 centímetros. Lançada em 1998, para marcar o 100º aniversário da declaração de independência das Filipinas. ela tem hoje grande valor para colecionadores. Poder de compra é documento A nota com maior poder de compra é a de 10 mil dólares de Cingapura – mais de 6 mil euros. Introduzida em 1973, começou a ser tirada de circulação gradualmente em 2004, pois facilitava a lavagem de dinheiro. A cédula com a maior cifra é a de 100 trilhões de dólares zimbabuanos, introduzida em 2009 em resposta à hiperinflação galopante no Zimbábue, que trazia estampado o algarismo 1 seguido de 14 zeros. Na época, um pão chagava a custar cerca de 300 bilhões de dólares zimbabuanos. Já muitas outras nações não possuem notas de grandes valores. Na China. a maior cédula é a de 100 yuan (cerca de 13,50 euros). Entretanto os chineses costumam fazer suas transações financeiras em espécie. Por isso, durante uma grande aquisição, como a compra de um carro ou de uma propriedade, é comum o cliente aparecer portando malas cheias de dinheiro. Quase indestrutíveis Na produção de papel-moeda emprega-se alta tecnologia, não só para tornar as notas mais difíceis de serem falsificadas. No caso do euro, elas resistem a lavagem a 90 graus na máquina de lavar, a serem amassadas e até a removedores de esmalte. Antes de entrar em circulação, são submetidas a testes rigorosos. Por serem as mais usadas, as cédulas de cinco e dez euros têm expectativa de vida mais curta, costumando ser retiradas de circulação após seis meses. Já as de 200 e 500 euros permanecem vários anos no mercado, pois costumam ficar guardadas mais tempo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos