Obama visitará Alemanha em maio

Ex-presidente dos EUA participará de encontro evangélico em Berlim, por ocasião dos 500 anos da Reforma Protestante, e deverá debater com a chanceler Angela Merkel diante do Portão de Brandemburgo.O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama visitará a Alemanha no fim de maio para participar de um encontro evangélico por ocasião dos 500 anos da Reforma Protestante, afirmaram nesta terça-feira (11/04) os organizadores do evento. Obama e a chanceler federal alemã, Angela Merkel, deverão debater a influência dos valores cristãos na política, afirmou uma das organizadoras, Christina Aus der Au, à DW. O debate ocorrerá diante do Portão de Brandemburgo, em Berlim, acrescentou. O presidente da Igreja Evangélica da Alemanha (EKD), Heinrich Bedford-Strohm, descartou que o debate sirva de palanque eleitoral para Merkel, já que eleições legislativas estão marcadas para setembro na Alemanha. Ele disse que considerações político-partidárias não farão parte do debate. Além disso, Merkel participará como chanceler e não como candidata, argumentou. Bedford-Strohm disse ainda não estar definido se Michelle Obama vai acompanhar o marido. Certo é que este não receberá cachê, acrescentou. Esta deverá ser a primeira apresentação pública de Obama desde que ele deixou a presidência dos Estados Unidos, em janeiro. Obama visitou Berlim quando era candidato à presidência e em seis ocasiões durante seus oito anos no cargo. O encontro religioso, conhecido como Assembleia da Igreja Evangélica Alemã, é organizado por membros laicos da EKD e ocorre a cada dois anos. Neste ano, o evento ocorrerá entre 24 e 28 de maio em Berlim e na cidade de Wittenberg, onde Martinho Lutero, principal figura da Reforma Protestante, fixou há 500 anos as suas 95 teses no portão da Igreja de Todos os Santos, segundo a tradição. O evento deverá reunir 140 mil pessoas em Berlim. O culto final, em Wittenberg, deverá atrair 200 mil, segundo a expectativa dos organizadores. Em 2008, o discurso de Obama em Berlim foi um dos maiores eventos de sua campanha para a Casa Branca, atraindo 200 mil pessoas ao parque Tiergarten. Como presidente, ele visitou a Alemanha duas vezes em 2009, uma em 2013, outra em 2015 e mais duas vezes em 2016. A última dessas foi uma visita de despedida antes de entregar o cargo a seu sucessor, o republicano Donald Trump. Obama era membro da comunidade protestante em Chicago e teria consultado a Bíblia em diversas ocasiões durante sua presidência. O ex-presidente também já expressou o desejo de visitar a Oktoberfest de Munique. RC/dw/rtr/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos