Uzbeque admite ser autor de atentado na Suécia

Rakhmat Akilov, detido após atentado com caminhão no centro de Estocolmo, aceita a acusação de delito terrorista e assassinato e será mantido sob prisão preventiva.O cidadão uzbeque de 39 anos que foi detido após o atentado de sexta-feira passada com um caminhão, no centro de Estocolmo, admitiu nesta terça-feira (11/04), perante um tribunal, ser o autor do ataque. Rakhmat Akilov, cuja identidade foi confirmada pelas autoridades e que está detido desde a madrugada do sábado, se declarou culpado da acusação de crime terrorista com assassinato durante seu comparecimento ao juiz, numa audiência para decidir se haverá prisão preventiva. Akilov "reconheceu ter cometido um ato terrorista e aceitou a prisão preventiva", afirmou Johan Eriksson, o advogado de defesa, durante uma audiência na presença do seu cliente, que se manteve em silêncio. A pedido do promotor, que mencionou a investigação em andamento, o depoimento continuará a portas fechadas. O atentado deixou quatro mortos e 15 feridos. O ataque eliminou a sensação de segurança entre os cidadãos suecos de que estariam protegidos da violência extremista que atingiu outras partes da Europa. As autoridades, porém, adotaram uma postura desafiadora, afirmando que o país se manterá como uma sociedade aberta e tolerante. AS/efe/lusa/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos