Suécia detém outro suspeito pelo ataque em Estocolmo

Polícia prende segundo homem, mas não dá detalhes sobre seu suposto envolvimento no atentado cometido por um uzbeque de 39 anos e que deixou quatro pessoas mortas.A polícia sueca deteve um segundo suspeito de envolvimento no atentado de 7 de abril com um caminhão, no centro de Estocolmo, disseram autoridades do país nesta segunda-feira (24/04). Segundo o porta-voz da polícia Simon Bynert, o homem foi preso no domingo, "depois de um grande número de investigações preliminares serem processadas". Não foram divulgadas informações sobre sua identidade ou de que forma ele supostamente estaria envolvido no ataque. A promotoria sueca tem até a próxima quarta-feira para decidir se apresenta uma acusação formal contra o suspeito e se solicita sua prisão preventiva, afirmou a polícia. O atentado com um caminhão em Estocolmo deixou quatro mortos, sendo dois suecos, um britânico e um belga, além de 15 feridos. Segundo as autoridades, apenas um deles permanece hospitalizado. O veículo avançou contra pedestres numa movimentada rua comercial até se chocar contra um loja. Rakhmat Akilov, um cidadão uzbeque de 39 anos que foi detido após o ataque, se declarou culpado da acusação de crime terrorista. Ele segue detido, mas a polícia ainda procura possíveis cúmplices. Akilov teve seu pedido de refúgio rejeitado pelas autoridades suecas em junho passado. Como ele não respondeu a um requerimento para se entregar de forma voluntária, a polícia emitiu em fevereiro uma ordem de busca. Não havia qualquer suspeita, porém, de que ele estaria planejando um ataque. As autoridades da Suécia ainda não concluíram qual foi a motivação do atentado, apesar de terem revelado que Akilov mostrou simpatia pela milícia jihadista "Estado Islâmico" (EI) nas redes sociais. Nenhum grupo extremista reivindicou a autoria do ataque. O atentado em Estocolmo marcou o quarto ataque em menos de um ano na Europa em que um veículo foi usado como arma, depois dos atropelamentos em Londres, Berlim e Nice. EK/ap/afp/efe/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos