Macron anuncia Edouard Philippe como primeiro-ministro

Em aceno à direita francesa, político conservador é escolhido para liderar o governo. Anúncio é feito pouco antes da viagem do novo presidente a Berlim.O prefeito de Le Havre, o conservador Edouard Philippe, de 46 anos, foi escolhido pelo presidente Emannuel Macron para o cargo de primeiro-ministro da França, anunciou nesta segunda-feira (15/05) o Palácio do Eliseu, em Paris. O anúncio foi feito pouco antes da viagem de Macron para Berlim, onde vai se reunir com a chanceler federal Angela Merkel. Macron assumiu a presidência da França neste domingo, e é tradição entre os líderes franceses que a primeira visita internacional seja feita ao líder do país vizinho. Philippe é um político largamente desconhecido do eleitorado francês. Ele é também deputado pelo departamento Sena-Marítimo, na região da Normandia. A indicação do político conservador, membro do partido Os Republicanos, pode sinalizar que o centro-liberal Macron está tentado construir uma maioria parlamentar ao se aproximar da direita. Além disso, a escolha está em linha com a imagem de renovação política transmitida por Macron e também com a ideia, defendida pelo novo presidente durante sua campanha eleitoral, de que a tradicional divisão entre direita e esquerda é um conceito ultrapassado. O futuro de Philippe como primeiro-ministro dependerá, porém, do resultado da eleição legislativa de junho, já que o premiê necessita do aval do Parlamento. O programa de governo de Macron prevê reformas para impulsionar a economia francesa, e a aprovação delas depende de apoio parlamentar. AS/dpa/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos