Emissora divulga imagens de menino de foto símbolo da guerra síria

Em vídeo publicado por emissora que apoia governo de Assad, Omran Daqneesh aparece pela primeira vez depois de imagem icônica. Foto do menino coberto de poeira e sangue após bombardeio em Aleppo rodou o mundo.Quase dez meses depois de aparecer numa imagem que virou símbolo da guerra na Síria, o menino retirado dos escombros após um bombardeio na cidade de Aleppo reapareceu nesta terça-feira (06/06) num vídeo publicado por uma emissora de televisão que apoia o presidente Bashar al-Assad. Aparentemente ainda morando em Aleppo, Omran Daqneesh e seu pai afirmam em entrevista que não querem ir embora do país. O pai do menino contou ainda que seu filho está bem de saúde e que cortou o cabelo e mudou o nome de Omran para evitar que ele seja sequestrado. O homem acusou rebeldes de intimidar sua família. Não ficou claro se a família foi coagida a participar do vídeo que foi publicado no Facebook. Essa foi a primeira vez que o menino apareceu em público desde que sua fotografia, atordoado e coberto de poeira e sangue, dentro de uma ambulância depois de um ataque aéreo, foi publicada por jornais do mundo inteiro em agosto do ano passado. Seu irmão mais velho morreu devido ao bombardeio. Em entrevista à agência de notícias Reuters, Valerie Szybala, do Instituto Síria, uma organização de pesquisa independente, disse que provavelmente a família foi forçada a participar do vídeo. Depois de meses de batalha, o controle de Aleppo foi retomado pelo governo em dezembro do ano passado. Foi a maior vitória do regime de Bashar al-Assad nos seis anos da guerra civil, que já matou mais de 465 mil pessoas. CN/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos