O Brasil na imprensa alemã

Mídia aponta momento político tenso nos dias do julgamento da chapa Dilma-Temer pelo TSE. "País está afundando" e "desliza para o caos" dizem as manchetes. Violência no Rio também é destaque.Stern – Um país está afundando, 01/06/2017 Na semana passada, meus vizinhos se reuniram para assistir TV. Não havia nenhuma novela ou jogo de futebol, sedativos para o povo brasileiro. Estava passando um especial sobre o encontro noturno entre o presidente Michel Temer e Joesley Batista, chefe da maior empresa de carne do mundo, a JBS. Os dois conversaram na noite de 7 de março sobre algo que praticamente já faz parte do cotidiano profissional de poderosos no Brasil: ocultação de corrupção. […] Negócios criminosos do tipo não são incomuns na elite do Brasil. O que foi incomum é que Batista gravou a conversa e deu para o Ministério Público. O empresário corrupto firmou um acordo com a Justiça para escapar de anos de prisão. Süddeutsche Zeitung – Brasil desliza para o caos, 06/06/2017 Após inúmeros novos escândalos de corrupção, intrigas e prisões, a confiança dos brasileiros nos políticos chegou ao fundo do poço. Marchas de protesto avançam pelas ruas, edifícios do governo são incendiados. Michel Temer pode em breve acabar como Dilma Rousseff, a mulher que ele retirou da Presidência com acusações legalmente questionáveis. Die Tageszeitung – No labirinto da política, 04/04/2017 Os dias de Temer parecem agora contados, mas o presidente enfraquecido se agarra desesperadamente ao cargo, pois ele tem bastante a perder. O cargo lhe garante imunidade e, no geral, é presumido que Temer tenha boas chances de terminar sua carreira política na prisão. Desde que a poderosa estação de televisão Rede Globo pede abertamente o fim de Temer como presidente, sua sobrevivência até a data regular das eleições, outubro de 2018, parece mais do que duvidosa. Der Spiegel – Guerra nos morros, 03/06/2017 Quase um ano depois dos Jogos Olímpicos, a violência no Rio está fora de controle. O número de homicídios no estado do Rio de Janeiro aumentou quase 25% em relação ao ano passado. Roubos e outros delitos aumentaram acentuadamente. A maioria dos crimes está relacionada ao tráfico de drogas. O governador do estado pediu ajuda a Brasília no início de maio [...] O presidente Michel Temer mandou soldados da Força Nacional, uma tropa de elite militarmente organizada. Eles patrulharam nos arredores, mas não nas favelas em si – o risco de que moradores fossem mortos ou feridos em combates seria alto demais. md/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos