Aumenta número de naturalizações na Alemanha

Dez estados do país registram alta em 2016. Crescimento é impulsionado particularmente por britânicos, em meio a incertezas trazidas pelo Brexit. Cai número de turcos que receberam cidadania alemã.O número de naturalizações na Alemanha aumentou 2,9% em 2016, alavancado sobretudo por cidadãos britânicos, anunciou o Departamento Federal de Estatísticas nesta terça-feira (13/06). De acordo com as estatísticas, a cidadania alemã foi concedida a cerca de 110.400 estrangeiros no ano passado – três mil concessões a mais do que no ano anterior. Nos anos de 2015 e 2014, o número de naturalizações tinha encolhido. Particularmente cidadãos do Reino Unido buscaram significativamente mais a naturalização alemã – o que pode ser associado às incertezas relacionadas às negociações do Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia). As 2.865 naturalizações registradas de britânicos representam um aumento de cerca de 2.200 concessões em relação a 2015 (+361%). É ao mesmo tempo a maior cifra já registrada de cidadãos britânicos naturalizados. Em contrapartida, o número de naturalizações de cidadãos turcos seguiu a tendência dos últimos anos e diminuiu significativamente. Porém, com as cerca de 16.300 concessões em 2016, os turcos continuaram liderando o ranking de naturalizações na Alemanha. Em dez estados alemães houve mais naturalizações em 2016 do que em 2015. O maior aumento percentual foi registrado em Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental (+19%), e a maior retração foi em Bremen (-20,4%). Em média, os naturalizados tinham 33 anos de idade e já viviam na Alemanha há 17 anos. A maioria eram mulheres (53,9%) e da Europa (59,4%), sendo que 29% vêm de Estados-membros da União Europeia. Com a reforma da legislação relativa à cidadania alemã que entrou em vigor no ano 2000, crianças nascidas na Alemanha e filhas pais estrangeiros passaram a ter direito à nacionalidade alemã, desde que os pais preencham alguns requisitos legais, como ter autorização permanente de residência no país. PV/kna/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos