Líbia resgata mais de 900 refugiados no Mediterrâneo

Guarda costeira do país retirou do mar 906 pessoas, que viajavam em botes superlotados, tentando chegar à Europa. Entre elas, estavam 25 crianças e 98 mulheres.A guarda costeira da Líbia resgatou neste sábado (17/06) no Mediterrâneo 906 pessoas que viajavam em cinco botes infláveis e um barco de madeira, tentando chegar à Europa, de acordo com informações da Marinha líbia. As embarcações foram encontradas de madrugada a cerca de 7 milhas do norte da cidade líbia de Sabrata, situada 70 quilômetros a oeste de Trípoli. Os barcos, superlotados, transportavam migrantes de países da África Subsaariana, Egito, Marrocos, a própria Líbia, Paquistão e Bangladesh. "Os imigrantes foram transferidos para uma refinaria próxima, onde receberam os primeiros socorros. Depois, foram levados para um centro de recepção de imigrantes. Entre eles, havia 25 crianças e 98 mulheres, sete delas, grávidas", informou o coronel Ayub Kasem, porta-voz da Marinha líbia. As praias que se estendem entre Trípoli e a fronteira com a Tunísia se tornaram nos últimos dois anos o principal reduto das máfias que traficam seres humanos, apesar da presença de barcos de patrulha europeus. Há uma semana, guardas líbios registraram o resgate de 185 pessoas nesta área, que navegavam à deriva, perto de Sabrata. Segundo dados desta Organização Internacional das Migrações (OIM), mais de 13 mil imigrantes irregulares conseguiram atravassar para a Europa neste ano, enquanto que mais de 275 desapareceram no mar. MD/efe/lusa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos