Calor força cancelamento de voos no Arizona

American Airlines tem que cancelar cerca de 40 rotas regionais: calor excessivo reduz perigosamente a densidade do ar. Temperaturas previstas no estado americano estão acima da máxima segura de 48 graus.As temperaturas elevadas acarretaram o cancelamento de voos na cidade americana de Phoenix, Arizona, nesta terça-feira (20/06). A empresa American Airlines afirmou que jatos regionais de seus parceiros não podem decolar quando a temperatura supera os 48 graus Celsius. A máxima prevista é de 49 graus. Segundo a companhia aérea, o cancelamento afetou cerca de 40 voos de rotas regionais. Os passageiros dos voos entre segunda-feira e quarta-feira, quando está previsto o pico da onda de calor, poderão remarcar seus voos de graça. O limite de temperatura é definido pelo fabricante, no caso a Bombardier. Aeronaves maiores, como as da Boeing e da Airbus, podem voar em temperaturas mais elevadas. O calor diminui a densidade do ar, diminuindo sua resistência e afetando a sustentação da aeronave. A sustentação "empurra" o avião para cima e é a principal força que permite a uma aeronave com asas se manter no ar. Ela deve ser maior do que o peso total da aeronave. AS/ap/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos