EUA encomendam protótipos de muro na fronteira com México

Autoridades americanas encarregam quatro construtoras de apresentar modelos de concreto para barreira que foi promessa de campanha de Trump. O valor de cada um dos contratos chega a 500 mil dólares.A Alfândega e Proteção de Fronteiras (CBP, na sigla em inglês) dos EUA anunciou nesta quinta-feira (31/08) que quatro empresas foram escolhidas para construir protótipos do polêmico muro proposto pelo presidente dos EUA, Donald Trump, ao longo da fronteira com o México. "A CBP solicitou a contribuição da indústria para projetos conceituais de muros de concreto reforçado, assim como materiais alternativos", disse Ronald Vitiello, vice-comissário em exercício da CBP. Vitiello definiu a seleção das quatro empresas como um "marco significativo" no plano fronteiriço de Trump. As companhias Caddell Construction, Fisher Industries, Texas Sterling Construction e W.G. & Sons Construction, foram encarregados com a produção de um muro de concreto de 30 pés (cerca de nove metros) de comprimento e até 30 pés de altura, segundo relato da emissora NBC News. O governo americano então avaliará os projetos para determinar qual é o mais adequado para ser implementado em grande escala ao longo da fronteira. Os quatro contratos valem entre 400 mil e 500 mil dólares cada. Concessões para outros protótipos de concreto são esperadas na próxima semana, segundo Vitiello. Trump prometeu em sua campanha eleitoral construir um muro ao longo da fronteira de mais de 3 mil quilômetros com o México para barrar a imigração ilegal e o tráfico de drogas e insistiu que o país vizinho pagaria pelo projeto. O custo total para a construção do muro entre os dois países é avaliado em dezenas de bilhões de dólares. O governo mexicano rejeitou a ideia de arcar com os custos do projeto. Em julho, a Câmara dos Deputados dos EUA aprovou a legislação de gastos públicos de 2018, que incluiu 1,6 bilhão de dólares para iniciar a construção do muro. O projeto de lei deverá suscitar uma oposição feroz de democratas no Senado. PV/dpa/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos