Reino Unido prende supostos soldados neonazistas

Quatro membros do Exército britânico foram detidos por suspeita de planejarem atentado e pertencerem a grupo extremista proibido desde dezembro por lei antiterrorismo.Quatro soldados suspeitos de planejarem atentados terroristas e de integrarem o grupo neonazista proibido National Action (Ação Nacional) foram presos no Reino Unido, informou nesta terça-feira (05/09) a polícia de West Midlands, no centro da Inglaterra. A polícia garantiu, entretanto, que os quatro suspeitos, com idade entre 22 e 32 anos, não representavam "ameaça à segurança da população". As autoridades britânicas informaram que os homens foram detidos sob "suspeita de preparação e instigação de atos terroristas" e de "pertencerem a organização proibida". O National Action foi o primeiro grupo de extrema direita a ser proibido, em dezembro, no âmbito de leis antiterroristas britânicas que vigoram desde o ano passado. "O National Action é uma organização racista, antissemita e homofóbica, que incita ao ódio, glorifica a violência e promove uma ideologia vil", disse o secretário britânico do Interior, Amber Rudd, ao anunciar a proibição do grupo. Ativistas antifascistas estimaram que a agremiação tinha menos de 100 membros em dezembro. MD/efe/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos