Hackers alertam para risco de manipulação de eleições alemãs

Especialistas encontraram graves problemas de segurança em software usado na eleição parlamentar de 24 de setembro. Deficiências permitiriam diversas possibilidades de ataque.Especialistas em segurança cibernética alertam para graves falhas de segurança em um software que será usado na eleição parlamentar alemã, marcada para 24 de setembro. O programa para registro e processamento dos resultados do pleito pode ser facilmente atacado, de acordo com uma análise de segurança realizada pelo Chaos Computer Club (CCC), uma das organizações de hackers mais influentes da Europa, noticiou nesta quinta-feira (07/09) o jornal Die Zeit. Leia a cobertura completa sobre as eleições na Alemanha 2017 As deficiências identificadas no programa, chamado PC Wahl, permitiriam manipulação de resultados eleitorais também a partir de locais fora dos distritos eleitorais e estados alemães, alertou o CCC. "O software não atende a princípios elementares de segurança de TI", conclui Linus Neumann, do Chaos Computer Club, destacando a grande quantidade de possibilidades de ataques e a gravidade das vulnerabilidades. O software se destina ao registro dos resultados das contagens em distritos eleitorais e ao processamento e transferência desses resultados para centrais. Na Alemanha, não existe votação através de computadores. Os votos são em papel. Segundo os especialistas, a transmissão dos dados de votação dos distritos eleitorais à central não é segura nem por meio de criptografia nem por uma autenticação efetiva. Após a análise do CCC, os hackers do grupo conseguiram introduzir uma versão infectada do software em distritos eleitorais. Isso porque, segundo eles, os dados de acesso puderam ser encontrados na internet. Esta falha, entretanto, já teria sido corrigida. Volker Berninger, desenvolvedor do software, minimizou as acusações. "No pior cenário, alguém poderia criar confusão. Então haveria resultados errados na internet, mas o papel ainda exibiria os resultados corretos. Isso causaria confusão, mas não teria nenhuma relevância", frisou. MD/afp/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos