Merkel e Macron abrem Feira do Livro de Frankfurt

Em discurso, líderes destacam ligação cultural e literária dos dois países. França é o convidado de honra na maior feira de livros do mundo.A chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da França, Emmanuel Macron, abriram nesta terça-feira (10/10) a Feira do Livro de Frankfurt. Ambos destacaram a importância da cultura para a união entre os dois países, apesar das guerras e controvérsias.

Em seu discurso, Merkel ressaltou a liberdade de expressão e a cultura como instrumento de orientação para o futuro da União Europeia.

"Na literatura reflete-se a alma de nossa sociedade, concebida na liberdade e na qual a liberdade do espírito e de expressão é acompanhada da liberdade política", afirmou Merkel. A chanceler ressaltou ainda que a cultura pode ajudar a Europa a se encontrar num mundo em transformação e descreveu escritores como construtores de pontes e sismógrafos dos acontecimentos atuais e imagináveis.

"A Europa não é nada sem cultura", acrescentou Macron. O presidente francês afirmou que a literatura é a melhor arma contra qualquer tentativa de construção de muros entre pessoas e contra o fanatismo. Ele defendeu ainda a ampliação de aulas bilíngues em escolas.

A França é o país convidado de honra na edição deste ano da feira. Cerca de 200 escritores francófonos, entre eles estrelas da literatura como Michel Houellebecq e o ganhador do nobel Jean-Marie Gustave Le Clézio, vão representar o país no evento, que ocorre até 5 de outubro.

Juntos, Merkel e Macron imprimiram a primeira página da Declaração dos Direitos Humanos numa réplica da prensa inventada pelo alemão Johannes Gutenberg, considerado o pai da imprensa. O modelo está exposto na feira.

Neste ano, mais de 7,3 mil editoras de 100 países estão representadas na feira, maior evento literário do mundo.

Antes da cerimônia de abertura, o diretor da feira, Juergen Boos, afirmou que o setor tem cada vez mais um papel estabilizador no mundo. "Onde lacunas profundas marcam quase todas as sociedades e fake news desafiam o jornalismo, cresce o desejo de conhecimento fundamentado e notícias bem pesquisadas", disse.

A maior feira literária do mundo deve receber até domingo cerca de 280 mil visitantes. Mais de 600 escritores, entre eles Dan Brown, Cecilia Ahern, Ken Follett e Reinhold Messner, participam do evento.

CN/dpa/epd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos