Italiano é condenado por infectar 32 mulheres com HIV

Soropositivo teve relações sexuais com ao menos 53 parceiras em 10 anos. Ele se negava a usar preservativo, alegando ter alergia a borracha ou ter feito teste de HIV recentemente.Um tribunal italiano condenou na sexta-feira (27/10) um soropositivo a 24 anos de prisão por infectar deliberadamente 32 mulheres no decorrer de 10 anos com o vírus HIV. O contador Valentino Talluto, de 33 anos, foi considerado culpado de infligir "graves lesões" à maioria das suas vítimas.

Apesar de saber ser soropositivo desde 2006, ele teve relações sexuais sem preservativo com dezenas de mulheres até sua prisão, em 2015.

A acusação pediu prisão perpétua. No entanto, após cerca de 12 horas de deliberações, o tribunal de Roma chegou à conclusão de que Talluto não causou uma "epidemia" espalhando o vírus, o que segundo o direito penal italiano, é passível de pena perpétua.

Algumas vítimas de Talluto não conseguiram conter as lágrimas durante o anúncio do veredicto. As vítimas tinham entre 14 e quase 40 anos, incluindo estudantes e mães. Mesmo os companheiros do sexo masculino de três afetadas e até um bebê de oito meses de uma quarta vítima – com quem Talluto teve relações sexuais durante a gravidez – foram infectados. Os investigadores conseguiram localizar um total de 53 parceiras sexuais de Talluto, 21 delas permaneceram soronegativas.

As vítimas teceram uma imagem do réu como alguém que mentia para elas e mantinha até seis relacionamentos simultaneamente. Talluto marcava encontros amorosos através de sites de relacionamento sob o pseudônimo Hearty Style.

De acordo com as testemunhas, o acusado se negava a usar preservativo, afirmando ter alergia à borracha e dizendo ter realizado recentemente um teste de HIV. Muitas das mulheres só descobriram ser soropositivas após saberem da prisão de Talluto.

A pandemia de HIV/aids já matou cerca de 35 milhões de pessoas no mundo todo desde o seu início, nos anos 80.

MD/afp/lusa

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos