Alemanices: Toalhinhas de mão para "banho"

Karina Gomes

Cuidar da higiene da pele com pequenas toalhas úmidas é um hábito comum entre muitos alemães. Durante o inverno, as "Waschlappen" podem substituir banhos de chuveiro.A gaveta no armário do banheiro está cheia de toalhinhas para toda a família. Sobre o aquecedor, algumas delas secam para serem novamente utilizadas.

As Waschlappen – toalhas de banho de mão – fazem parte da higiene pessoal na Alemanha e, no inverno, muitas vezes substituem o banho de chuveiro por alguns dias da semana.

As toalhas pequenas são como uma luva. Depois de colocar a mão dentro do tecido, basta molhar e passar no rosto, axilas e partes íntimas. Cada face da toalha é usada numa parte do corpo.

Depois do uso, as pessoas geralmente lavam a toalha com sabão e deixam secar para reutilizar no próximo "banho".

Na Alemanha, as Waschlappen servem para emergências, quando falta tempo para o banho tradicional, ou como um item diário de higiene. E detalhe: é muito raro encontrar um bidê num banheiro alemão.

Usar a toalhinha não é uma regra. Há, sim, alemães que tomam banho todos os dias e dispensam a toalha úmida. Mas economizar água é costume. Geralmente, desligam o chuveiro para se ensaboar ou passar o shampoo no cabelo. E dão bronca em quem exagera no tempo gasto embaixo do chuveiro. Banho duas vezes por dia? Nem pensar.

Debates sobre a necessidade de banhos de chuveiro diários estão sempre em pauta na Alemanha. Dispensar o uso da água todos os dias ganha cada vez mais adeptos, sobretudo, quando se trata da saúde da pele das crianças.

Um estudo da Universidade de Mainz, no oeste do país, mostra que o excesso de banhos elimina bactérias que oferecem proteção à pele. Em resumo, higiene é boa, mas se exagerada pode fazer mal à saúde. Uma pesquisa de uma empresa de cosméticos da Suécia mostra que cerca de metade dos alemães tomam banhos de chuveiro todos os dias.

A água calcária dos chuveiros resseca a pele, principalmente no inverno. Para isso, vale a pena contar com os cremes oleosos vendidos em lojas de cosméticos na Alemanha.

Na coluna Alemanices, publicada às sextas-feiras, Karina Gomes escreve crônicas sobre os hábitos alemães, com os quais ainda tenta se acostumar. A repórter da DW Brasil e DW África tem prêmios jornalísticos em direitos humanos e sustentabilidade e vive há quatro anos na Alemanha.

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos