Os 11 minutos em que Trump não existiu no Twitter

Funcionário em último de trabalho na rede social desativou conta do presidente americano. Empresa diz que investiga o caso e tomará medidas para evitar episódios semelhantes.A conta pessoal do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no Twitter ficou desativada por 11 minutos nesta quinta-feira (02/11).

Inicialmente, o Twitter atribuiu a desativação da conta de Trump (@realdonaldtrump) a um "erro humano". Mais tarde, reconheceu que a culpa foi de um funcionário do setor de atendimento ao cliente, que estava em seu último dia de trabalho.

A empresa disse que está investigando o caso e que tomará medidas para que episódios semelhantes não ocorram.

"Estamos investigando e tomando as medidas necessárias para evitar que isso possa voltar a acontecer", disse a empresa em comunicado.

O sumiço repentino da conta de Trump não passou despercebido pela imprensa e gerou piadas nas redes sociais.

O Twitter é a rede social favorita do presidente americano, que, desde que chegou ao poder, faz seguidos anúncios governamentais, confrontações de todos os tipos e potenciais conflitos diplomáticos em poucos caracteres.

A conta @realdonaldtrump tem mais de 47,1 milhões de seguidores. Trump não comentou o incidente. A Casa Branca também não se manifestou sobre o caso.

KG/efe/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos