Pitadas: Linzer Torte, a receita de torta mais antiga do mundo

Luisa Frey

Torta recheada de geleia e coberta de xadrez de massa tem origem na Áustria e foi mencionada pela primeira vez em livro de receitas do século 17. Apesar do preparo simples, quitute impressiona visualmente.Há receitas que fazem bem para o estômago e para os olhos. A Linzer Torte é uma delas. Na torta de origem austríaca, o recheio de geleia e o xadrez de tiras de massa compõem uma delicada obra de arte culinária. A receita mais antiga de que se tem conhecimento data de um livro de 1653, sendo considerada a receita de torta mais antiga do mundo.

A torta, que também é bastante popular na Alemanha, é feita de massa podre com nozes. Na Áustria, é típico usar geleia de groselha (johannisbeer), mas há uma série de versões, com geleia de framboesa ou damasco, por exemplo.

Apesar de simples de preparar, visualmente, a Linzer Torte é de impressionar. Chega a dar orgulho ao tirar a torta do forno e servi-la, e dá até pena de cortá-la em pedaços. Ela é bastante apreciada em ocasiões especiais e é comumente exibida em vitrines de confeitarias.

O nome da torta é muitas vezes ligado à cidade austríaca de Linz, onde ela teria origem. Outra versão da história diz que o quitute foi inventado por um confeiteiro vienense chamado Linzer.

Na Áustria, a massa usada na torta é chamada de Linzerteig (teig=massa), que designa a massa podre que leva nozes dentro. Ela também é usada para fazer biscoitos. Não se sabe exatamente se a Linzer Torte original levava avelãs ou amêndoas. Hoje, a maioria das receitas é feita com amêndoas.

Apesar de a receita mais antiga de que se tem conhecimento ser do século 17, há referências a uma receita visualmente semelhante à Linzer Torte já no Antigo Egito. Também nos tempos do Império Romano eram feitas tortas com ingredientes e aparência semelhantes. Hoje, além de Áustria e Alemanha, a Linzer Torte também é apreciada em países como Hungria, Suíça e Estados Unidos.

Confira a receita:

Ingredientes (fôrma de 26 cm de diâmetro)

Massa:

200 g de farinha de trigo

1 colher (chá) de fermento em pó

100 g de açúcar

1 colher (chá) cheia de açúcar de baunilha

1 pitada de cravo em pó

1 colher (chá) de canela em pó

1 ovo

1 clara

100 g de manteiga amolecida

100 g de amêndoas moídas

Recheio e cobertura:

100 g de geleia de sua preferência

1 colher (chá) de leite

1 gema

Modo de preparo

Misturar a farinha com o fermento. Acrescentar os demais ingredientes da massa e bater na batedeira ou com um mixer até obter uma massa homogênea. Formar uma bola com a massa, cobri-la com filme plástico e levar à geladeira por 30 minutos. Preaquecer o forno a 180°C. Untar e enfarinhar a fôrma, de fundo removível.

Abrir cerca de um terço da massa até obter um disco do tamanho da fôrma. Com um cortador de pastel, cortar o disco em tiras de cerca de 2 cm de largura. Abrir o restante da massa sobre o fundo da fôrma e encaixar a borda da fôrma no fundo.

Passar a geleia sobre a massa, deixando cerca de 1 cm sem geleia nas bordas. Dispor as tiras de massa sobre a geleia, formando um xadrez. Bater o leite com a gema e passar sobre as tiras de massa com um pincel de cozinha. Assar a 180°C por cerca de 30 minutos.

Remover a borda da fôrma e deixar a torta esfriar antes de servir.

Toda semana, a coluna Pitadas traz receitas, curiosidades e segredos da culinária europeia, contados por Luisa Frey, jornalista aspirante a mestre-cuca.

___________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos