"Pressão para vencer na Rússia é maior", diz técnico Löw

Depois de se consagrar campeã na Copa do Mundo do Brasil, em 2014, seleção alemã de futebol está pronta para enfrentar o desafio na Rússia, diz Joachim Löw à DW. Mas é preciso manter a ambição. E o clima é outro, lembra.Em entrevista à Deutsche Welle, o técnico da seleção alemã de futebol, Joachim Löw, comentou a futura participação da equipe na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Indagado sobre as perspectivas de a Alemanha se tornar novamente campeã do mundo, repetindo a vitória no Brasil, três anos atrás, ele explicou: "Vai ser preciso um esforço gigantesco, uma concentração e, acima de tudo, nunca ceder".

"Pode ser que a pessoa perca a 'fome', e isso significa que outros talvez sejam ainda mais ambiciosos e de algum jeito a derrube do pedestal. Por isso, a tarefa mais difícil é sempre ficar nesse nível alto, sem cair", completou o técnico, que comanda a seleção desde 2006.

Além das diferenças climáticas em relação ao Brasil, local do Mundial de 2014, Löw também considera a pressão das expectativas um fator relevante para os craques alemães no próximo torneio.

"O Brasil era muito quente, o horário das partidas também era outro. Lá nós não estávamos tão em foco, desde o início, porque se dizia que nunca um europeu tinha conquistado um título em solo sul-americano", declarou o técnico.

"Na Rússia, vamos provavelmente ser – não há como evitar – os favoritos neste torneio: campeões do mundo, vencedores da Copa da Confederações, conseguimos uma boa qualificação. A pressão está sempre lá, e eu acho que na Rússia ela vai ser um pouco maior sobre o nosso time."

Mesmo assim, o experiente técnico de 57 anos tem uma noção bem definida do que poderá contribuir para a vitória na Rússia: "Acho que dá para dizer numa frase, mesmo que talvez soe gasta ou banal: cada um deve se concentrar cem por cento na própria tarefa."

AV/dw/ots

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos